Palmeiras tropeça contra Fortaleza e pode perder liderança
patrocinado por

Palmeiras tropeça contra Fortaleza e pode perder liderança

Jogo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro terminou com vitória dos visitantes por 3 a 2, no Allianz Parque

R7

Jogo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro terminou com vitória dos visitantes por 3 a 2, no Allianz Parque

publicidade

O Palmeiras corre o risco de perder a liderança do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, o time do técnico Abel Ferreira perdeu para o Fortaleza por 3 a 2, no Allianz Parque. Com o resultado, o Verdão segue com 32 pontos e pode ser ultrapassado pelo Atlético MG, que está apenas 1 ponto atrás, e encara o Juventude, neste domingo, em Caxias do Sul.

Agora, o Palmeiras volta suas atenções para o duelo contra o São Paulo pelas quartas de final da Copa Libertadores, na próxima terça-feira, no Morumbi. Já o Fortaleza, que assumiu o terceiro lugar no Brasileirão, terá uma semana de descanso antes da partida contra o Santos no domingo, no Castelão.

O jogo

Mesmo jogando fora de casa, o Fortaleza tomou a iniciativa e criou o primeiro lance de perigo da partida aos 4 minutos. Robson se antecipou à marcação de Luan e chutou de primeira para fora do gol. 

Na sequência, o Verdão respondeu com uma boa jogada de Wesley, que recebeu lançamento de Patrick de Paula e cruzou para Willian na área. Ligado no lance, Benevenuto chegou primeiro e tirou para escanteio. 

Ainda no começo do primeiro tempo, aos 11 minutos, o Palmeiras abriu o placar com um gol contra. O lateral-direito Myke cruzou a bola na área, o zagueiro Titi tentou cortar e chutou para o fundo da rede.

Sem perder tempo, o Fortaleza empatou a partida pouco depois em um lance de bola parada. Lucas Crispim cruzou na área e Benevenuto subiu mais alto do que Luan para deixar tudo igual no Allianz Parque. Foi o primeiro gol do zagueiro no Brasileirão. 

Animados com o empate, os visitantes seguiram buscando o ataque e viraram o placar com o atacante Robson. Romarinho chutou de longe e o camisa 7 aproveitou o rebote de Weverton para fazer o segundo gol.

Em desvantagem, o Alviverde foi para cima e deixou tudo igual com Willian, aos 33 minutos. O atacante recebeu belo passe de Gustavo Scarpa, ficou na cara do gol e finalizou sem chance para Marcelo Boeck.

Após um início de segundo tempo estudado sem chances de perigo, o técnico português Abel Ferreira mexeu no time e promoveu as entradas de Victor Luis, Gabriel Veron, Dudu, Deyverson e Luiz Adriano no lugar de Renan, Gustavo Scarpa, Wesley, Willian e Raphael Veiga.

Aos 24 minutos, o volante Felipe cometeu falta dura em Deyverson e levou o segundo cartão amarelo e deixou o Fortaleza com um jogador a menos.

Apesar da vantagem numérica, o Palmeiras não conseguiu aproveitar para fazer o terceiro gol. Na melhor chance dos mandantes, Luiz Adriano recebeu na cara do gol e chutou em cima do goleiro Marcelo Boeck.

No fim da partida, aos 44 minutos, Victor Luis recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Depois, nos acréscimos, o time cearense fez o terceiro gol e garantiu a vitória. Pikachu foi acionado dentro da área, fez uma bela jogada e rolou para Igor Torres finalizar, sem chances de defesa para Weverton.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895