Prefeitura de Porto Alegre considera prematuro liberar retorno do público aos estádios

Prefeitura de Porto Alegre considera prematuro liberar retorno do público aos estádios

CBF irá se reunir com os clubes para definir volta do público aos jogos em outubro

Correio do Povo

CBF quer liberar 30% da capacidade dos estádios para a volta das torcidas em outubro

publicidade

O Comitê Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus da prefeitura de Porto Alegre entende que é prematura a volta das torcidas as arquibancadas da Arena do Grêmio, do Beira-Rio e do Passo D’Areia em outubro. Segundo o órgão responsável pelas ações de combate a Covid-19 na Capital do Rio Grande do Sul, a prioridade é o retorno das aulas, seguido dos setores que ainda não foram liberados para retomar as atividades.

Segundo o Comitê, apesar da estabilidade da curva de transmissão e da ocupação de leitos de UTI, a presença de 15 mil pessoas nos estádios da dupla Gre-Nal (30% da capacidade) não deve ser liberada como deseja a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Na terça-feira, a instituição responsável pelo futebol no país revelou que irá se reunir com representantes dos 20 clubes da Série A para analisar a possibilidade.

A CBF tomou a decisão de abrir a discussão após parecer favorável do Ministério da Saúde liberando o retorno dos torcedores às arquibancadas no mês de outubro. Pelo estudo do órgão governamental, há previsão de uso de até 30% da capacidade dos estádios no Brasileirão.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895