Presidente do Barcelona confirma "interesse" em Griezmann e nega volta de Neymar
capa

Presidente do Barcelona confirma "interesse" em Griezmann e nega volta de Neymar

Josep Maria Bartomeu afirmou que o brasileiro quer sair, mas o PSG não quer deixar o jogador sair

Por
AFP

Segundo o presidente do Barça, Neymar quer sair do PSG, mas clube não deseja a saída do atleta

publicidade

O Barcelona está interessado em contratar o francês Antoine Griezmann, confirmou nesta sexta-feira o presidente do clube, Josep Maria Bartomeu, que também esfriou os rumores de uma possível volta de Neymar. Em coletiva de imprensa realizada no Camp Nou, o dirigente catalão informou de uma reunião que aconteceu na quinta-feira com o Atlético de Madrid para tentar contratar Griezmann sem a necessidade de pagar a multa rescisória de 120 milhões de euros.

"Oscar Grau, nosso diretor-geral, se reuniu com Miguel Ángel Marín (diretor do Atlético) em Madri e perguntamos se era possível que este cenário (de não pagar a multa) se produza", explicou Bartomeu. "Há interesse, por isso nos reunimos", completou.

O atacante francês de 28 anos, campeão do mundo em 2018, parecia destinado a vestir a camisa do Barcelona no ano passado, mas finalmente optou por ficar no Atlético de Madrid por mais um ano. Em meados de maio, contudo, Griezmann comunicou que deixaria o time madrilenho ao fim da temporada.

Além do caso Griezmann, Bartomeu também abordou outro forte rumor que envolve o Barcelona: a possível volta de Neymar. "Sabemos que Neymar quer deixar o PSG, sabemos disso. Mas também sabemos que o PSG não quer que Neymar saia. Então, não há nada", afirmou Bartomeu.

O atacante deixou o Barcelona na temporada 2016-2017 para jogar no PSG, que pagou 222 milhões de euros pelo brasileiro, um recorde até hoje. Questionado pela imprensa, Bartomeu confirmou declarações dadas há alguns meses de que acreditava que o francês Ousmane Dembélé, contratado no ano passado pelo Barcelona, é melhor que Neymar. "É um jogador jovem, talentoso, diferente dos que existem no mundo do futebol. Gosto muito de seu estilo, o considero melhor que Neymar", argumentou o presidente do Barcelona.