Presidente do Boca confirma retorno de Tévez
capa

Presidente do Boca confirma retorno de Tévez

Contrato formal será assinado após o fim da Copa América

Por
AFP

"Faltam as formalidades", admitiu o Presidente em entrevista

publicidade

O presidente do Boca Juniors, Daniel Angelici, afirmou nesta sexta-feira que a volta do atacante Carlos Tevez ao popular clube argentino está acertada com a Juventus. Ficará faltando apenas a assinatura do contrato, que será feito no fim da Copa América.

"Faltam as formalidades", admitiu em entrevista à emissora ESPN, nos Estados Unidos, onde o presidente foi assistir a uma partida de pré-temporada do Boca. De qualquer maneira, Angelici se disse "muito feliz por realizar um sonho".

O presidente do Boca garantiu que "entramos em acordo na parte econômica na desvinculação da Juventus, agora falta a parte formal com o clube e depois, apesar de já estar avançado, a parte contratual com Carlos". Angelici explicou que, ao fim da Copa América, Tevez viajará a Buenos Aires para assinar contrato, antes de sair de férias.

O clube planeja apresentar o jogador "na segunda-feira, 6 de julho, ou terça-feira 7. O presidente afirmou que o Boca Juniors não pagou um centavo pela contratação do Apache, negando notícias divulgadas pela imprensa argentina, segundo a qual o popular clube teria pago 5 milhões de euros à Juventus e cedido um jogador juvenil.

Tevez, de 31 anos, foi o melhor jogador da Juventus na última temporada, ajudando o clube de Turim a conquistar a Serie A e a Copa da Itália, além de ser finalista da Liga dos Campeões. O atacante defendeu o Boca entre 2001 e 2004, período em que se tornou um grande ídolo da torcida, pelos gols marcados e pela garra mostrada em campo.

Naquele período conquistou três títulos internacionais com o time "xeneize": a Libertadores e o Mundial de clubes em 2013, e a Copa Sul-Americana em 2014.