Principal dupla brasileira no vôlei de praia feminino estreia com vitória nos Jogos Olímpicos
patrocinado por

Principal dupla brasileira no vôlei de praia feminino estreia com vitória nos Jogos Olímpicos

Ágatha e Duda superaram as argentinas Gallaz e Pereyra com um set muito difícil e outro arrasador

AE

Ágatha e Duda fizeram 21/19 e 21/11 contra dupla argentina

publicidade

Líderes do ranking mundial do vôlei de praia, as campeãs brasileiras Ágatha e Duda, principal dupla do país e favoritas ao ouro olímpico, iniciaram sua caminhada em Tóquio com uma boa vitória sobre as argentinas Gallaz e Pereyra. Depois de um primeiro set difícil, se encontraram para fazer 2 a 0, com parciais de 21/19 e 21/11, pelo Grupo C. As brasileiras voltam à quadra para o segundo compromisso apenas na terça-feira, diante das chinesas Wang e Xia. As atuais campeãs brasileiras fecham a fase contra as canadenses Bansley e Brandie, dois dias depois.

Foi um primeiro set bastante complicado para as brasileiras. As argentinas chegaram a abrir 7 a 4. Duda teve chance em contragolpe para fazer 7 a 6, mas errou. A resposta veio em bloqueio de Ágatha. Depois de muito tempo atrás no placar, chegaram ao empate em 12 a 12. E foram para nova virada de quadra iguais em 14 a 14. Com três pontos seguidos, abriram 17 a 15 para finalmente recolocar ordem no jogo. Mas as adversárias não desistiram e voltaram a empatar em 19. O Brasil virou o ponto, e Ágatha sacou bem no primeiro set point para ver as argentinas errarem o ataque e mandarem na rede. Parcial fechada em 21 a 19 num duro e equilibrado set, no qual chegaram a ficar três pontos em desvantagem.

A dificuldade do primeiro set mudou completamente no início da segunda etapa. Com saque forte de Ágatha e defesas espetaculares de Duda, o Brasil abriu logo 5 a 1. Ampliou para 8 a 2 após nova defesa impressionante de Duda. Ágatha dava show nos potentes saques de até 75 km/h. E Duda defendia tudo. Com vantagem segura, as brasileiras usaram a parcial para aprimorar o entrosamento. Chegaram a abrir 17 a 8 sem tanto esforço. Donas de seis conquistas em etapas no circuito mundial, as brasileiras apenas trocaram pontos e, desta vez soberanas, fecharam com 21 a 11 em bloqueio de Ágatha.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895