Rayssa Leal e Pâmela Rosa vão à final da 1ª etapa do Mundial de skate street
patrocinado por

Rayssa Leal e Pâmela Rosa vão à final da 1ª etapa do Mundial de skate street

Letícia Bufoni e Marina Gabriel foram eliminadas

AE

Rayssa Leal está na final da primeira etapa do mundial

publicidade

Rayssa Leal e Pâmela Rosa se classificaram para a final da primeira etapa da SLS, a Liga Mundial de Skate Street, realizada em Salt Lake City, nos Estados Unidos. As outras duas brasileiras na disputa, Letícia Bufoni e Marina Gabriela, não conseguiram vaga e ficaram pelo caminho na fase preliminar, realizada nesta sexta-feira.

Esbanjando talento, Rayssa, medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio, fez grandes manobras e se garantiu na decisão com a segunda maior nota entre as competidoras (17,7). Pâmela ficou em quinto, com 13,4 pontos, e se colocou entre as oito melhores do torneio.

Ao todo, 18 atletas se dividiram em duas baterias para que fossem conhecidas as oito classificadas. Em formato semelhante ao da Olimpíada, cada skatista pôde realizar uma volta de 45 segundos, e depois, quatro manobras para formar a pontuação final. A estreante Maria Gabriela foi a primeira a ir para a pista, recebendo 2,2 dos juízes em sua primeira tentativa. Apesar do belo flip na última manobra, que rendeu à paulista 5,4 pontos, ela não conseguiu ir para a final.

Na segunda bateria, o Brasil teve Rayssa, Pâmela e Letícia na briga. A vencedora do torneio de exibição em Paris há uma semana fez uma boa volta, com 3,6 pontos, mas cometeu erros nas últimas duas manobras e terminou a preliminar em décimo lugar. Rayssa teve desempenho impressionante e ganhou nota 6,0 na volta inicial. Pâmela tirou 3,6.

Nas manobras, Fadinha acumulou 5,8 e 5,9 em seguida e se garantiu na decisão. A campeã mundial em 2019 foi menos espetacular, mas conseguiu vaga na final com notas 4,2, 5,6 e 3,0, somando 13,4.

Medalhista de bronze em Tóquio, Funa Nakayama registrou o maior somatório do primeiro dia, ainda na primeira bateria, com 18,3 pontos. Momji Nishiya, campeã da competição de estreia do esporte na Olimpíada, fechou as preliminares em quarto lugar (14,1).

A final feminina está marcada para este sábado, às 17h30. Antes disso, Kelvin Hoefler, prata no Japão, Felipe Gustavo, Luan Oliveira, Tiago Lemos, Lucas Rabelo e Filipe Mota tentam se classificar para a decisão do masculino, programada para às 19h desta sexta.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895