Santos empata com o Atlético-MG no Independência
patrocinado por

Santos empata com o Atlético-MG no Independência

Com o 2 a 2, o Galo chegou a quinta colocação e o Santos a 15ª posição no Brasileiro

Lancepress

Atlético-MG não conseguiu superar o Santos em casa e o jogo terminou em 2 a 2

publicidade

A sina do Santos em abrir o placar e ceder o empate no Brasileirão voltou a acontecer nesta quarta-feira, no Independência, mas desta vez, o Atlético-MG reagiu, igualou e virou o placar, tudo isso só no primeiro tempo do jogo. Com insistência e o chute certeiro de Gabigol, o Peixe igualou no segundo tempo e deixou Minas com o resultado de 2 a 2 no placar.

Com isto, a pressão sobre o técnico santista Marcelo Fernandes continua, junto com a intenção da diretoria em contratar um treinador. Com o desespero nítido, o Peixe esperava os donos da casa para contra-atacar. O Galo, por outro lado, abdicou de marcar e jogou com apenas um volante, Rafael Carioca, que deu trabalho ao goleiro Vladimir.

No entanto, mesmo sendo pressionado, o Alvinegro Praiano achou um erro da equipe mandante e aos 18 minutos Ricardo Oliveira se livrou de Leonardo Silva e abriu o placar. No momento do gol, o treinador Marcelo Fernandes gritou como nunca em sua comemoração, mas a alegria e o alívio duraram só dez minutos.

Pela direita, lado em que Victor Ferraz sofreu para marcar, Thiago Ribeiro (emprestado pelo Santos), cruzou na expectativa de achar Lucas Pratto, mas Werley fez o serviço de empurrar para as redes e marcar contra a própria meta. A partir daí, o Atlético-MG não teve mais dificuldades e foi questão de tempo, mais precisamente oito minutos, para virar o jogo, com Dátolo sozinho na área.

Surpreendentemente, o Peixe voltou com ânimo para o segundo tempo, e Gabigol aproveitou o cruzamento de Victor Ferraz para balançar as redes e se livrar de uma nova derrota.

Desta forma, o Galo vai a 11 pontos no Brasileirão, enquanto o Santos soma sete, em sete partidas. Nos próximos dias, os santistas continuarão ansiosos, mas na espera por novidades na Vila Belmiro.

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895