Santos volta a vencer e se mantém em terceiro no Brasileiro
capa

Santos volta a vencer e se mantém em terceiro no Brasileiro

Pressionado, equipe paulista reencontrou a vitória após quatro jogos

Por
R7

publicidade

O Santos venceu o CSA, neste domingo, na Vila Belmiro, por 2 a 0, e se manteve na terceira colocação do Campeonato Brasileiro. A equipe voltou a obter um resultado positivo após duas derrotas e dois empates nas últimas partidas.

Diante de um adversário com menos tradição, vindo de uma goleada de 6 a 2 sofrida para o Palmeiras, a equipe santista mostrou um bom futebol e se recuperou dos últimos tropeços na competição, que lhe valeram a perda da liderança.

O gols foram marcados por Sánchez, de pênalti, e Sasha, artilheiro do time na competição, com 9 gols, em um jogo no qual o Santos soube dominar o adversário, trocando passes em velocidade desde o início.

Contra um oponente recuado, o técnico Jorge Sampaoli montou uma equipe com um esquema tradicional. Dava ênfase à movimentação constante de seus jogadores, principalmente Soteldo, que armava as jogadas e também "pisava" na área para finalizar. Dois meias com toque de bola povoaram o meio-campo: Evandro e Jean Mota, que voltou a ser titular. Eles buscaram furar a retranca do adversário, com toque de bola e penetrações.

Mesmo avançando seus jogadores, o time da casa não deu chances para o contra-ataque, a principal aposta do time alagoano, comandado por Argel Fucks. Marcado, o atacante Ricardo Bueno recuava, para tentar ajudar Jonatan Gomez na armação. Mas deixava um vazio no ataque do time alagoano.

Nos primeiros minutos, errando alguns passes, o Santos teve paciência para aproveitar uma brecha do adversário. Desta maneira, após Soteldo entrar pelo meio, o CSA cometeu um pênalti com a bola batendo na mão de Naldo, após chute de Sasha. Sánchez bateu no canto e fez 1 a 0 para o Santos, aos 34 minutos. Até o fim da primeira etapa, o Santos manteve o domínio.

Segundo tempo

No segundo tempo, o panorama mudou para melhor para a equipe da casa. O Santos encontrou mais facilidade em criar jogadas. Logo aos 11, Sasha completou escanteio batido da direita e, após toques de cabeça de Lucas Veríssimo e Evandro, finalizou, também de cabeça: 2 a 0.

Aos 32, Lucas Veríssimo foi expulso, após receber o segundo amarelo, e, com um jogador a mais, o CSA tentou ameaçar. Mas ficou apenas na tentativa. A melhor jogada do CSA ocorreu aos 46, com Ronaldo Alves chutando por cima. O Santos, satisfeito, passou os últimos minutos na defesa, até o apito final.

Na próxima rodada, o Santos visita o Vasco, no sábado (5), às 17h. Já o CSA recebe o Avaí, no domingo, às 19h, em jogo entre duas equipes na zona de rebaixamento.