capa

CBF tem "total confiança" em Neymar, diz presidente Rogério Caboclo

Jovem denunciou o atacante da Seleção por estupro

Por
AFP

Caboclo garantiu ter conversado diretamente com Neymar e com seu pai para "mostrar nosso apoio"

publicidade

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, garantiu nesta terça-feira em Paris, onde se encontra para participar do Congresso da Fifa, que sua entidade tem "total confiança" em Neymar, apesar das acusações de estupro que pesam contra o atacante. Questionado, antes de participar do congresso extraordinário da Conmebol prévio à reunião da Fifa, na quarta-feira, se a CBF apoia o jogador, Caboclo respondeu: "Temos total confiança em Neymar".

• Patrocinadores de Neymar afirmam estar atentos à denúncia de estupro

"Sabemos a pessoa que é, o homem que é, o atleta que é e temos total confiança de que tudo vai ser esclarecido", insistiu o dirigente. Caboclo garantiu ter conversado diretamente com Neymar e com seu pai para "mostrar nosso apoio".

A imprensa revelou há dois dias que uma jovem que Neymar conheceu pelas redes sociais denunciou o atacante do PSG por estupro à Polícia de São Paulo. Neymar se defendeu do que chamou de "armadilha" e tentativa de extorsão publicando vídeos e mensagens privadas que havia trocado com a jovem, que convidou a Paris, onde supostamente cometeu a agressão.

A nova polêmica envolvendo Neymar chega no momento em que o camisa 10 do Brasil está concentrado com a Seleção em Teresópolis, região serrana do Rio, se preparando para a disputa da Copa América em casa entre 14 de junho a 7 de julho. Caboclo torce para que o caso não afete a equipe do técnico Tite no torneio sul-americano: "Não acredito (que afete), o ambiente está muito tranquilo".

"Tentamos levar (o caso) com naturalidade, o mais importante é que não afete os jogadores, que estão resguardados na Granja Comary", completou. "Nada está afetando o comportamento da equipe e da comissão técnica. Todos estão focados na Copa América", insistiu o presidente da CBF, no cargo há dois meses.

• Escritório rescinde contrato com mulher que acusa Neymar de estupro

Perguntado se Neymar estará no Morumbi para a estreia do Brasil na Copa América contra a Bolívia, embora o jogador possa ter que depor à polícia na semana que vem, a alguns dias da partida, Caboclo foi taxativo: "Exato". Para Caboclo, "a ideia é fazer desta competição uma competição importante, que o Brasil precisa muito". Em relação à possibilidade de Tite não ser mais o técnico do Brasil em caso de eliminação precoce da equipe no torneio, Caboclo se limitou a dizer que o treinador "tem contrato até a Copa do Mundo do Catar (2022) e não há técnico com mais experiência e mais qualificado".