Melhor jogador da Copa América, Daniel Alves desabafa: "Apanhamos muito"
capa

Melhor jogador da Copa América, Daniel Alves desabafa: "Apanhamos muito"

Lateral direito falou sobre as críticas sofridas e não poupou elogios aos companheiros e à comissão técnica após a conquista do título

Por
Correio do Povo

Lateral foi eleito o melhor jogador da Copa América

publicidade

Eleito o melhor jogador da Copa América, Daniel Alves falou sobre as críticas que a equipe sofreu, especialmente após a eliminação na Copa do Mundo de 2018. Com a vitória sobre o Peru na final por 3 a 1, o título da Copa América valeu à Seleção a primeira taça da Era Tite. "Apanhamos muito, estava doendo. A gente sabia que precisava dar uma resposta positiva", afirmou.

O jogador falou sobre o reencontro com o Maracanã, onde a Seleção não atuava desde o título da Copa das Confederações, contra a Espanha, em 2013, quando venceu por 3 a 0. "É sempre especial. Aqui é a nossa casa. Estávamos determinados a fazer um bom jogo aqui."

Ele não poupou elogios ao técnico Tite, ao grupo e à comissão técnica. Disse que todos são "muito dignos e merecedores" do título conquistado neste domingo. "Trabalham muito. Todo mundo lutou até o final. Estávamos preparados para isso", comentou.

Capitão na conquista da Copa América e responsável por levantar o troféu, rechaçou a figura da liderança e atribuiu o cargo de "capitão do barco" ao técnico Tite. "Eu represento os jogadores. Tive a honra de levantar a taça aqui no Maracanã. Parabéns para nós, para o nosso povo e para a nossa equipe", finalizou o lateral, que levantou a 40ª taça em sua carreira.