Sorteio da Conmebol define adversários da seleção brasileira no Pré-Olímpico
capa

Sorteio da Conmebol define adversários da seleção brasileira no Pré-Olímpico

Competição, que volta ao calendário do futebol sul-americano depois de 16 anos, acontece entre janeiro e fevereiro de 2020

Por
AE

Seleção Brasileira busca vaga para defender título olímpico em Tóquio, no ano que vem

publicidade

A seleção brasileira já conhece o caminho que terá de superar para garantir vaga para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. A Conmebol sorteou na noite de terça-feira os grupos do Torneio Pré-Olímpico Sul-Americano, que será realizado na Colômbia entre os dias 18 de janeiro e 9 de fevereiro de 2020.

O Brasil está no Grupo B ao lado de Paraguai, Bolívia, Uruguai e Peru. Já o Grupo A conta com Argentina, Colômbia, Chile, Equador e Venezuela. A primeira fase do torneio será realizada nas cidades de Armenia e Pereira.

Os dois primeiros colocados de cada chave se classificam para um quadrangular final, que terá como sede a cidade de Bucaramanga. Daí saem os dois representantes da América do Sul para a Olimpíada. A competição ainda contará com três representantes da África, três da Ásia (além do Japão, que entra como organizador), quatro da Europa (França, Romênia, Alemanha e Espanha), dois da América Central, Norte e Caribe e um da Oceania (Nova Zelândia).

O Pré-Olímpico, com jogadores sub-23, volta a ser utilizado pela Conmebol após 16 anos. Para as Olimpíadas de Pequim, em 2008, de Londres, em 2012 e do Rio de Janeiro, em 2016, as vagas do continente foram definidas no Sul-Americano Sub-20.

Atual campeã olímpica, a seleção brasileira busca classificação para defender a conquista alcançada no Rio de Janeiro pela equipe que contava com estrelas como Neymar, Gabriel e Gabriel Jesus. O técnico André Jardine ainda terá o Torneio de Tenerife, na Espanha, para fazer os dois últimos testes antes do Pré-Olímpico. Os principais nomes das últimas convocações são Pedrinho (Corinthians) e Antony (São Paulo).

Confira as chaves do Pré-Olímpico:

Grupo A - Argentina, Colômbia, Chile, Equador e Venezuela

Grupo B - Brasil, Paraguai, Bolívia, Uruguai e Peru