Sport sai na frente, mas leva empate do Atlético-GO fora de casa
patrocinado por

Sport sai na frente, mas leva empate do Atlético-GO fora de casa

Com resultado, Leão da Ilha segue na 16ª colocação com sete pontos

AE

Resultado não foi bom para os pernambucanos

publicidade

A crise no Sport é uma realidade. Na noite desta quarta-feira, o time pernambucano até saiu na frente do placar, mas só empatou com o Atlético-GO por 1 a 1, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO), pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Marcão e Arthur Gomes fizeram os gols no começo do segundo tempo.

Foi o sexto jogo sem vitória do Sport, que coleciona três derrotas e três empates, numa campanha que deixa o time à beira da zona de rebaixamento: 16º colocado com sete pontos. Além da situação delicada na tabela, o clube convive com a insatisfação dos jogadores devido à falta de salários. As pendências chegam a três meses. De outro lado, o Atlético-GO perdeu a chance de encostar no G-4, embora ainda apareça bem colocado. Os goianos estão em oitavo lugar com 14 pontos.

O Atlético-GO dominou as ações nos primeiros 45 minutos, mas não conseguiu traduzir em gol e vantagem no placar. Na melhor oportunidade, aos 26 minutos, André Luís recebeu na entrada da área e finalizou forte, rasteiro, rente à trave do goleiro Maílson.

O Sport ficou refém da marcação do time goiano e foi obrigado a forçar jogadas aéreas e contra-ataques com o veloz Neílton. Sem muita efetividade, o empate sem gols acabou saindo barato para o que foi apresentado em campo.

No segundo tempo a partida mudou completamente. Logo aos dois minutos, após cobrança de escanteio, Marcão aproveitou sobra na pequena área e só teve o trabalho de completar para as redes, abrindo o placar para o até então tímido Sport.

Só que o Atlético-GO respondeu rápido e aos cinco minutos empatou. Rafael Thyere errou na saída de bola, Arthur Gomes invadiu a área e finalizou na saída de Maílson.

Os gols deixaram a partida mais atrativa, principalmente pelo fato dos dois times adotarem postura mais ofensiva. O time pernambucano teve duas chances de cabeça em dois minutos. Primeiro com Sabino, aos 28, e depois no minuto seguinte com Tréllez, ambas para fora.

O Atlético-GO criou uma última chance de vencer a partida aos 40 minutos, quando Natanael foi lançado e finalizou em cima do goleiro Maílson.

O Atlético-GO voltará a campo no domingo para enfrentar o Juventude, às 11 horas, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS). O Sport receberá o Fluminense no sábado, às 19 horas, na Ilha do Retiro, em Recife (PE).

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895