Suárez é investigado por suspeita de fraude para obter cidadania italiana
patrocinado por

Suárez é investigado por suspeita de fraude para obter cidadania italiana

Atacante faria prova de italiano para obter o passaporte, mas resultados já haviam sido combinados com o jogador

AFP

Atacante do Barcelona é investigado por suspeita de fraude para obter cidadania italiana

publicidade

O atacante Luis Suárez, do Barcelona, é suspeito de fraude, com a cumplicidade de seus professores, para passar em uma prova de italiano na semana passada. A informação foi divulgada nesta terça-feira pela a promotoria de Perugia (Úmbria, região central da Itália) encarregada da investigação.

O exame linguístico de italiano foi a primeira etapa para a obtenção do passaporte do país.O documento é essencial para a sua transferência para a Juventus de Turim, operação que agora parece interrompida. "A investigação mostra que os tópicos abordados no exame foram combinados com o candidato e que a nota foi atribuída a ele antes mesmo do exame", divulgou a promotoria.

O promotor Raffaele Cantone, ex-chefe da autoridade nacional anticorrupção italiana, investiga desde fevereiro possíveis irregularidades de professores universitários em exames para estrangeiros. Cantone teria descoberto a fraude envolvendo Suárez graças a escutas telefônicas autorizadas muito antes do jogador fazer a prova de idioma.

"Mas você acha que vamos suspendê-lo? Hoje é a última aula (para o Suárez) e devo prepará-lo porque ele não fala praticamente uma palavra" de italiano, disse a um interlocutor Stefania Pina, uma das investigadas. A frase consta em documentos da acusação citados pela imprensa local.

Questionado por seu interlocutor sobre o nível de conhecimento de Suárez sobre o idioma, Spina responde: "Ele não deveria ser aprovado, mas ele será aprovado. Com um salário de dez milhões (euros) por temporada, ele não pode ser suspenso".

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895