Time alemão dispensa autor de dois gols do 7 a 1 contra o Brasil em 2014

Time alemão dispensa autor de dois gols do 7 a 1 contra o Brasil em 2014

Atacante André Schürrle, de 29 anos, não teve bom desempenho no Borussia Dortmund

Por
AFP

Atacante André Schürrle, de 29 anos, não teve bom rendimento no Borussia Dortmund


publicidade

A diretoria do Borussia Dortmund anunciou nesta quarta-feira a rescisão do contrato do atacante André Schürrle, campeão mundial com a Alemanha em 2014, sem destaque na equipe desde que chegou do Wolfsburg em 2016. O jogador de 29 anos foi para o clube amarelo e preto numa transferência de 30 milhões de euros, mas não atendeu às expectativas.

Ele não participou da recém-encerrada temporada alemã, pois estava emprestado ao Spartak Moscou e no ano anterior também jogou por empréstimo no inglês Fulham.

"Olhando para trás, foi um período de bons e maus momentos, mas com experiências muito valiosas", disse o ex-jogador do Chelsea, autor da jogada que levou ao gol de Mario Gotze na prorrogação da final da Copa do Mundo na qual a Alemanha venceu a Argentina (1-0) em 2014.

Agora Schürrle está sem clube, apesar da idade e sua notável atuação pela seleção alemã, com 57 jogos e 22 gols, incluindo dois feitos na histórica goleada por 7 a 1 sobre o Brasil na Copa do Mundo de 2014. Sua última partida pela Alemanha foi em 2017. Pelo Dortmund, Schürrle jogou apenas 51 partidas e marcou 8 gols.

"Definitivamente, não foi uma história de sucesso para nenhum dos lados", destacou Hans-Joachim Watzke, CEO do Dortmund. "É melhor cancelar o contrato prematuramente", acrescentou.

Dessa forma, Schürrle segue os passos de Gotze, que deixou o clube amarelo no mês passado depois de não renovar seu contrato. A janela de transferências para a Alemanha foi aberta na quarta-feira e será fechada em 5 de outubro.