Vasco vence o Goiás e quebra longo jejum
capa

Vasco vence o Goiás e quebra longo jejum

Vitória por 1 a 0 derrubou marca da equipe carioca, que estava há quase dois anos sem vencer fora de casa pelo Brasileirão

Por
AE

Equipe não vencia fora de casa pelo Brasileirão há quase dois anos

publicidade

O Vasco se afastou de vez da zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, pela 14ª rodada, o time carioca manteve o bom momento ao derrotar o Goiás, por 1 a 0, no Serra Dourada. O jovem Marcos Júnior foi o autor do único gol da partida.

Com apenas uma derrota nos últimos seis jogos, o Vasco subiu para o 14º lugar, com 17 pontos, seis a mais do que o Cruzeiro, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. O Goiás, por outro lado, chegou ao quinto jogo sem vitória e caiu para 12º, também com 17 pontos.

O resultado também quebrou um jejum do Vasco de quase dois anos sem vitória fora de casa no Campeonato Brasileiro. O último resultado positivo como visitante havia sido em 26 de novembro de 2017, quando derrotou o Cruzeiro, por 1 a 0.

Luxemburgo optou por mandar a campo um time mais leve, jogando sem um centroavante fixo e sem ninguém no comando de ataque. A estratégia fez com que o Goiás ficasse mais com a bola, mas manteve o duelo sob controle vascaíno, marcando bem o atacante Michael, destaque do Goiás.

Os jovens escalados por Luxemburgo acabaram sendo a válvula de escape para tirar o Vasco de trás. Talles Magno, de apenas 17 anos, fez Tadeu trabalhar aos 17 minutos após receber lançamento de Richard. Logo em seguida veio o gol com outro jovem formado nas categorias de base do clube. Depois de cruzamento da direita, Yago Pikachu fez corta luz na área e bola sobrou para Marcos Júnior finalizar com categoria, aos 21 minutos. Com a vantagem, o Vasco seguiu controlando o rival e não permitiu nenhuma ameaça aos gol de Fernando Miguel.

Logo no começo do segundo tempo, o Vasco teve a oportunidade de matar o jogo. Em nova trama pelo lado direito, Talles ficou com a bola, mas finalizou fraquinho, facilitando para Tadeu. O Goiás passou a frequentar o campo de ataque do adversário, mas sem levar perigo. Os cruzmaltinos se fecharam bem e impediram as subidas.

Mesmo assim, Michael tentou duas vezes de fora da área. O estreante Ney Franco ainda tentou mexer no time colocando atacantes e tirando volantes, mas a falta de qualidade acabou pesando. Bom para o Vasco, que teve uma queda de rendimento, deixando o adversário chegar mais ao campo de ataque. O árbitro deu oito minutos de acréscimos e o Vasco ainda perdeu Marrony, expulso após receber o segundo amarelo.

O Vasco volta a campo para o clássico contra o Flamengo, no próximo sábado, às 19 horas, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. No domingo, o Goiás visita o Bahia, às 16 horas, na Fonte Nova, em Salvador.