Startup garante transações financeiras de forma ágil e segura

Startup garante transações financeiras de forma ágil e segura

Empresa busca proporcionar economia e tecnologia de ponta aos clientes em suas operações financeiras

Por
Correio do Povo

Empresa teve um crescimento de 130% dos clientes durante a pandemia


publicidade

Quando o Banco Central apresentar, no começo de outubro, o sistema PIX que vai regular a forma como fazemos as operações financeiras hoje, as transferências vão demorar menos de 10 segundos. E uma das poucas empresas que estará credenciada para operar será o Safe2Pay na modalidade associada ao Open Banking e as regras impostas pela LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados. “Esse novo serviço será uma disrupçao do mercado financeiro”, comenta Stael Viana, CEO e um dos fundadores da empresa.

Fundada em 2018, após um spin-off de sua operação, a Safe2Pay deixou de ser um produto ligado à Safeweb para tornar-se uma empresa independente, com a missão de proporcionar economia e tecnologia de ponta aos clientes em suas operações financeiras. Viana lembra que a empresa é uma fintech atuando como plataforma do segmento de meios de pagamentos digitais, atendemos organizações que precisam transitar recursos financeiros em meio digital seguro, sendo para receber ou ainda enviar pagamentos.  “Oferecemos gestão e facilidade para viabilizar os meios de pagamento e recebimento de forma ágil, segura, rápida, descomplicada, tecnológica e criativa”.

Ao contrário de muitas organizações, a Safe2Pay aumentou em 130% o número de clientes e 90% de aumento de faturamento nesse período de pandemia, contratando 20% a mais no número de funcionários nos últimos quatro meses. O grupo possui ações ambientais, como a “Ecobarreira do Arroio Dilúvio”, e sociais como “Safe2Pay e Vakinha unidas no combate ao COVID-19” onde foram doados os lucros das operações financeiras para pessoas impactadas pelo COVID-19.

***

A empresa: Fundada em 2018, após um spin-off de sua operação, a Safe2Pay deixou de ser um produto da Safeweb para tornar-se uma empresa independente. Nascemos com a missão de proporcionar economia e tecnologia de ponta a nossos clientes em suas operações financeiras.

Mercado: Fintech atuando como plataforma do segmento de meios de pagamentos digitais, atendemos organizações que precisam transitar recursos financeiros em meio digital seguro, sendo para receber ou ainda enviar pagamentos.

Produto/serviço: Oferece gestão e facilidade para viabilizar os meios de pagamento e recebimento de forma ágil, segura, rápida, descomplicada, tecnológica e criativa.

Números: Aumento de 130% no número de clientes e 90% de aumento de faturamento. A empresa não precisou fazer desligamentos por conta da pandemia. Crescimento de 20% no número de funcionários durante a pandemia.

Relação com universidades: O Safe2Pay está inserido dentro do Revolution Hub, que é o hub de inovação da Safeweb.

Metas: PIX, sistema de pagamentos instantâneos, que será lançado pelo Banco Central, o Safe2Pay é uma das poucas empresas que está credenciada para poder operar assim que estiver em vigor.

Sustentabilidade: O grupo possui ações ambientais e sociais. “Ecobarreira do Arroio Dilúvio” e a ação “Safe2Pay e Vakinha unidas no combate ao COVID-19”.