Correio do Povo

06/09/2018 09:29 - Atualizado em 06/09/2018 09:58

Notícias > Política

Alckmin entra com ação no TSE para barrar divulgação de pesquisa do Datafolha

Advogados do tucano alegam que o levantamento substitui o nome de Lula pelo de Fernando Haddad

Alckmin entra com ação no TSE para barrar divulgação de pesquisa do Datafolha- Crédito: José Cruz / Agência Brasil / CP
Alckmin entra com ação no TSE para barrar divulgação de pesquisa do Datafolha
Crédito: José Cruz / Agência Brasil / CP

O candidato à Presidência da República Geraldo Alckmin entrou com ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na quarta-feira para tentar barrar a divulgação da pesquisa eleitoral nacional realizada pelo Datafolha. Os advogados da coligação de Alckmin alegam que a pesquisa não pode ser publicada por constar a substituição de Luiz Inácio Lula da Silva por Fernando Haddad, candidato a vice na chapa do PT à Presidência da República. As informações são do jornal Folha de São Paulo. • Promotoria move ação contra Alckmin e pede bloqueio de R$ 39 milhões A defesa da Folha crititou a ação do tucano: "Ao impugnar a pesquisa, o candidato Geraldo Alckmin revela seu lado obscurantista. Maneja o recurso indecente da censura para trazer desinformação ao processo político". • "Por vergonha", não divulgam mais pesquisa eleitoral, afirma Haddad A candidatura de Lula ao Planalto foi barrada pelo TSE no último sábado, com base na LeI da Ficha Limpa, em razão da condeção de 12 anos e seis meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. O levantamento foi registrado no tribunal na terça e será divulgado na próxima segunda-feira. O Datafolha cancelou o registro de pesquisa eleitoral que seria realizada de 4 a 6 de setembro devido à decisão do TSE que rejeitou o registro de candidato de Lula.

POLÍTICA > correio@correiodopovo.com.br