Aplicativo TikTok na mira de autoridades francesas

Aplicativo TikTok na mira de autoridades francesas

Investigações sobre o aplicativo chinês começaram em março de 2020

AFP

Causa da tensão entre EUA e China, TikTok agora é alvo de investigação na França

publicidade

O aplicativo de vídeo chinês TikTok, no centro das tensões entre China e Estados Unidos, é objeto de investigação do órgão francês de proteção de dados pessoais, a Comissão Nacional de Informática e Liberdades (Cnil). "A Cnil iniciou investigações no site tiktok.com e no aplicativo TikTok em maio de 2020", segundo um porta-voz da comissão reguladora disse à AFP.

Naquela época, foi apresentada uma denúncia relacionada a "um pedido de remoção de um vídeo" e "o denunciante foi convidado a exercer seus direitos" em contato direto com a empresa chinesa. No entanto, o órgão regulador francês continuou as suas investigações e desde então "investiga em particular a relação com a implantação do TikTok na União Europeia".

Propriedade da start-up chinesa ByteDance, a TikTok anunciou no início deste ano a instalação de um hub regional na Europa, especificamente em Dublin, o que torna o órgão regulador de dados irlandês o status de "principal autoridade" para futuras investigações europeias. Além disso, a Cnil informou que estuda as condições de cumprimento dos regulamentos europeus sobre proteção de dados (RGPD).


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895