Apple aposta em pacotes de assinatura com TV, música, notícias e fitness

Apple aposta em pacotes de assinatura com TV, música, notícias e fitness

Pacote básico do Apple One, que estará disponível ainda este ano, começará com uma taxa mensal de 15 dólares

Por
AFP

Durante apresentação, empresa evitou mencionar o tão aguardado iPhone para 5G


publicidade

A Apple anunciou nesta terça-feira que vai incluir TV, música e notícias, entre outros conteúdos, em um único pacote de assinatura, um novo esforço para fortalecer os serviços vinculados ao seu "ecossistema" do iPhone.

O pacote básico do Apple One, que estará disponível ainda este ano, começará com uma taxa mensal de 15 dólares e incluirá seu recém-lançado serviço de fitness vinculado ao Apple Watch.

Durante uma apresentação transmitida online do Apple Park, sua monumental sede no Vale do Silício, a empresa evitou mencionar o tão aguardado iPhone para 5G, considerado vital para seu futuro financeiro. Analistas, porém, esperam o lançamento para o próximo mês devido à interrupção da produção pela pandemia do coronavírus.

Esta nova oferta de assinatura mostra claramente os esforços da Apple em investir em conteúdo digital e serviços em meio à crise global do mercado de smartphones.

O pacote Apple One de 15 dólares inclui Apple Music, Apple TV +, serviço de jogos Apple Arcade e armazenamento iCloud. Um plano familiar de 20 dólares por mês pode ser compartilhado por até seis pessoas. Um pacote de 30 dólares oferece também o Apple Fitness +, Apple News + e armazenamento adicional em nuvem.

"Com o Apple One, você pode acessar o melhor do entretenimento da Apple em todos os seus dispositivos favoritos com uma simples assinatura", disse o vice-presidente sênior de software e serviços de Internet da Apple, Eddy Cue.

O serviço Fitness + é vinculado à linha de relógios inteligentes que foi aprimorada com o Watch SE por 279 dólares, um preço inferior ao de seus principais modelos.

A Apple também lançou seu smartwatch Série 6 a partir de 399 dólares, adicionando novos recursos que incluem o monitoramento do sono e dos níveis de oxigênio no sangue, além de detectar quando os usuários lavam as mãos. "O detector reconhece o movimento e som quando você lava as mãos e o incentiva a continuar por 20 segundos recomendados", disse o CEO da Apple, Tim Cook.

A Apple destacou os benefícios do smartwatch, de seus serviços e do iPad para trabalhar ou aprender remotamente e manter a saúde enquanto a pandemia continua afetando a vida diária das pessoas.

O Apple Watch também pode ser sincronizado ao iPhone. "O mais importante para a Apple é manter a base de usuários do iPhone e vender uma tonelada de acessórios como AirPods e serviços", disse o analista Patrick Moorhead, da Moor Insights and Strategy.


A Apple também anunciou seu iPad de oitava geração com seu chip A12 Bionic a partir de apenas 329 dólares, e um iPad Air mais poderoso a partir de 499 dólares com o chip A14 Bionic.