Apple fecha todas as lojas fora da China por pandemia de coronavírus

Apple fecha todas as lojas fora da China por pandemia de coronavírus

Empresa com sede na Califórnia tem 500 estabelecimentos em 24 países

Por
AFP

Apple disse que aprendeu a lição na China


publicidade

O CEO da Apple, Tim Cook, anunciou o fechamento de todas as lojas fora da China até 27 de março para tentar conter a propagação do novo coronavírus. A empresa afirmou que aprendeu a lição na China, onde fechou todas as lojas quando a epidemia se intensificou e que acaba de reabrir as unidades. "A maneira mais efetiva de minimizar a transmissão do vírus é reduzir as concentrações de pessoas e aumentar a distância entre elas", afirmou Cook em um comunicado.


A loja on-line da Apple permanecerá com o funcionamento normal, mas os funcionários da empresa fora da China devem trabalhar de casa desde que seja possível, disse Cook. A empresa com sede na Califórnia tem 500 lojas em 24 países. As 42 lojas da Apple na China reabriram as portas esta semana, após o fechamento no dia 1 de fevereiro devido ao coronavírus.