CEO do Twitter, Jack Dorsey tem conta na rede social hackeada
capa

CEO do Twitter, Jack Dorsey tem conta na rede social hackeada

Invasores postaram mensagens com conteúdos racistas e antissemitas

Por
Correio do Povo

Esta é a segunda vez que perfil é invadido

publicidade

O CEO do Twitter, Jack Dorsey teve sua conta na rede social hackeada nesta sexta-feira. Por volta das 17h, o perfil do norte-americano de 42 anos (@jack) começou a fazer publicações racistas e antissemitas e a recompartilhar mensagens de mesma conotação. Um dos textos dizia que "os nazistas alemães não fizeram nada de errado", em referência ao Holocausto. O conteúdo foi rapidamente apagado.

Em uma postagem  oficial na conta voltada ao time de comunicação do Twitter, a equipe disse que "está ciente de que o perfil foi comprometido e que está investigando o que aconteceu". Ainda não está claro quais métodos foram usados pelos invasores para obter acesso à conta. Posteriormente, o serviço informou que a conta foi retomada de forma segura e que nenhuma rede do seu sistema foi comprometida.

O ataque parece ser de autoria de um grupo que se identifica como Chuckling Squad, uma vez que uma hashtag com a palavara acompanhava quase todas as publicações. Na semana passada, o mesmo grupo teria invadido as contas dos youtubers James Charles e Shane Dawson.

Esta é a segunda vez que Dorsey tem a conta no Twitter hackeada. A primeira foi em 2016, por um grupo que também atingiu o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg. O CEO do Twitter é co-fundador do serviço, juntamente com Biz Stone e Ev Williams e também atua como CEO da Square, empresa de pagamentos