Com proposta de R$ 73,6 milhões, Consórcio 5G Sul arremata lote na região Sul do país

Com proposta de R$ 73,6 milhões, Consórcio 5G Sul arremata lote na região Sul do país

Certame do lote envolveu uma intensa disputa com a Mega Net

Correio do Povo e AE

Leilão da 5G ocorre nesta quinta-feira

publicidade

Depois de oito propostas apresentadas ao lote C6 para prover tecnologia 5G, na faixa 3,5 GHz, para a Região Sul, o Consórcio 5G Sul (coligada com a SERCOMTEL S.A.) arrematou com valor de R$ 73,6 milhões. O preço inicial oferecido pelo Consórcio, que disputou lote com a proponente MegaNet, era de R$ 19 milhões. O ágio da proposta final é de 1.464% sobre o valor mínimo. 

O certame do lote envolveu uma intensa disputa entre Mega Net e o Consórcio 5G Sul, que iniciou o leilão com a maior oferta, de R$ 19 milhões, contra R$ 6,627 milhões da Meta Net. A partir disso, as duas empresas apresentaram mais sete valores de outorga, numa concorrência lance a lance, que coroou o Consórcio 5G Sul que, a partir do certame, entra no rol de novas operadoras de serviços móveis.

O leilão ofertado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) ocorre na tarde desta quinta-feira.

Veja Também

BrisaNet estreia operação no Brasil

Ao arrematar dois lotes de frequência 3,5 GHz em leilão da 5G, nesta quinta-feira, a empresa BrisaNet Serviços de Comunicações anuncia sua primeira operação no país atendendo as regiões Nordeste (lote C4) e Centro-Oeste (lote C5). As propostas da empresa foram, respectivamente, de R$ 1,2 bilhão (13.741%) e R$ 105 milhões (com ágio de 4.054%). Dentre as obrigações previstas no edital, a empresa ofertará às duas regiões  internet móvel para municípios com menos de 30 mil habitantes.

Já o lote C2 de 80 MHz, que abrange a região Norte e o estado de São Paulo, exceto dois setores do Plano Geral de Outorgas (PGO), foi vencido pela empresa SERCOMTEL S.A, com proposta final de R$ 82 milhões.

A exceção são dois setores: o Município de Paranaíba, no Estado de Mato Grosso do Sul, e as cidades de Buriti Alegre, Cachoeira Dourada, Inaciolândia, Itumbiara, Paranaiguara e São Simão, no Estado de Goiás.

"Temos uma nova prestadora de serviço móvel pessoal", destacou o presidente da Comissão Especial de Licitação do 5G na Anatel, Abraão Balbino e Silva.

O lote C7 foi arremato por R$ 205 milhões pela empresa Cloud2U, que também estreia sua operação com a implementação de 5G. Já o lote C8, para atender municípios de três diferentes estados, foi vencido pela Algar Telecomunicações pelo preço de R$ 2,3 milhões.

Os lotes C1 não contou com propostas válidas, e o C3 não foi aberto tendo em vista o não arremate do C1. A condição estava prevista no edital do leilão. 

 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895