Comissão Eleitoral russa denuncia cibertaques do exterior nas eleições legislativas

Comissão Eleitoral russa denuncia cibertaques do exterior nas eleições legislativas

Autoridades eleitorais afirmaram terem sofrido "três ciberataques" organizados "em países estrangeiros"

AFP

Rússia não especificou quais países estariam por trás deste ataque

publicidade

A Comissão Eleitoral russa denunciou, neste sábado (18), ciberataques procedentes do exterior direcionados aos seus sites, no segundo dia das eleições legislativas, pelas quais as autoridades pressionaram os gigantes tecnológicos. Neste sábado, as autoridades eleitorais afirmaram terem sofrido "três ciberataques" organizados "em países estrangeiros".

Segundo um responsável da Comissão Eleitoral, Alexandre Sokoltchuk, dois deles tiveram como alvo os sites de sua instituição e um terceiro tentou sobrecarregá-lo por meio da negação de serviço. "O ataque foi bastante poderoso", afirmou Sokoltchuk. Ele acrescentou que outras ofensivas estavam sendo preparadas para domingo, quando acabam as eleições.

Sokoltchuk, no entanto, não especificou quais países estariam por trás deste ataque. 

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895