Dubai se prepara para receber milhões de visitantes na Expo 2020

Dubai se prepara para receber milhões de visitantes na Expo 2020

Inovações tecnológicas de mais 190 países serão exibidas a partir desta sexta-feira

AFP

Dubai se prepara para receber milhões de visitantes na Expo 2020

publicidade

Os Emirados Árabes Unidos (EAU) começarão a receber nesta semana os milhões de visitantes esperados para a adiada Exposição Universal 2020 de Dubai, um dos maiores eventos mundiais desde o início da pandemia, que será inaugurado na quinta-feira (30) no meio do deserto.

Fechados durante este ano de atraso, os resplandecentes pavilhões da Expo 2020 nos subúrbios empoeirados de Dubai abrirão suas portas na quinta-feira para a cerimônia, que deve contar com a presença da realeza dos EAU.

Maravilhas arquitetônicas e uma longa lista de inovações tecnológicas serão protagonistas das exibições e dos pavilhões deste evento, que mostrará a engenhosidade de mais de 190 países.

Realizada pela primeira vez em Londres em 1851, esta feira de seis meses de duração, que atualmente é celebrada a cada cinco anos em uma cidade diferente, se tornou uma plataforma de promoção para os países participantes e organizadores. Em 1889, no marco da Expo de Paris, foi construída a Torre Eiffel, concebida então como uma atração temporária.

A edição de Dubai é a primeira no Oriente Médio e espera se tornar o maior evento organizado na região depois da pandemia, com uma estimativa de 25 milhões de visitantes.

Coronavírus

O outro grande evento internacional desde a aparição do coronavírus foram os Jogos Olímpicos de Tóquio. Na ocasião, as restrições sanitárias impediram a presença de público em quase toda a competição.

Apesar de menos severas, a Expo 2020 também contará com restrições sanitárias: máscara e distanciamento social serão obrigatórios e os visitantes devem estar vacinados ou apresentar um teste negativo de Covid.

Os Emirados Árabes Unidos, com uma população de 10 milhões, comunicou uma rápida queda de casos de Covid-19 nas últimas semanas. No domingo, informou menos de 300 novos casos, menos que a metade do dia anterior.

Expectativa

O primeiro-ministro de Dubai, o xeque Mohamed bin Rashid Al Maktum, está particularmente confiante no evento e promete "a Expo mais excepcional da história".

"Os cidadãos talentosos da nossa nação foram capazes de transformar esta visão em um plano de sucesso, enviando uma mensagem ao mundo de que nosso compromisso com a excelência nos torna um importante colaborador para definir o futuro do planeta", afirmou, segundo a imprensa oficial.

Políticos, empresários, celebridades e atletas estão na lista de convidados para a exposição, que contará com atrações como um robô-panda da China e uma cabine de "hyperloop" - um trem em tubos de alta pressão, considerado o futuro do transporte.

As principais temáticas da Expo serão mobilidade e sustentabilidade. A feira será aberta ao público na sexta-feira (1º).


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895