Elon Musk eleva a US$ 33,5 bilhões seus fundos pessoais para compra do Twitter

Elon Musk eleva a US$ 33,5 bilhões seus fundos pessoais para compra do Twitter

Empresário inicialmente tinha assinado empréstimos da ordem de 25,5 bilhões de dólares

AFP

publicidade

Elon Musk elevou a 33,5 bilhões de dólares a quantia aportada diretamente pelo empresário e seus sócios para a compra do Twitter, reduzindo ainda mais o valor de crédito bancário.

Musk, que inicialmente tinha assinado empréstimos da ordem de 25,5 bilhões de dólares, reduziu estes créditos a 13 bilhões de dólares, segundo o documento registrado nesta quarta-feira (25) pela Comissão de Valores Mobiliários americana (SEC), o que suaviza consideravelmente sua carga financeira.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895