Em meio a conflito com Rússia, Ucrânia aposta em referências à cultura pop para engajar nas redes

Em meio a conflito com Rússia, Ucrânia aposta em referências à cultura pop para engajar nas redes

Publicações enfatizando "heroísmo ucraniano" também são destaques nas páginas oficiais do governo

Lucas Eliel

Em uma das postagens, Ucrânia faz relação com série "La Casa de Papel"

publicidade

Alvo desde a semana passada de uma ofensiva vinda da Rússia, a Ucrânia tem apostado em uma estratégia de apelo popular nas redes sociais de contas vinculadas ao governo nacional. Para gerar engajamento, ao acessar as páginas do país no Twitter é possível ver que são comuns posts que fazem referências à cultura pop e ao "heroísmo ucraniano". Além disso, os perfis fazem questão de mostrar o apoio recebido de personalidades internacionais com grande influência que se solidarizam com a situação do país após a invasão.  

Em uma das postagens, nessa terça-feira, a Guarda Nacional da Ucrânia faz uma relação com a série espanhola de sucesso "La Casa de Papel", colocando os personagens Palermo (Rodrigo de La Serna), Tóquio (Úrsula Coberó) e Helsinki (Darko Peric) ao lado do presidente ucraniano Volodymyr Zelensky, com os dizeres "nosso herói".  

Para mostrar o apoio, na segunda-feira, a Guarda Nacional repostou uma imagem do consagrado escritor Stephen King, autor de livros como "It - a Coisa" e "Carrie". Na foto, ele faz uso de uma camiseta com símbolo de apoio ucraniano, com a frase "eu estou com a Ucrânia".  

"Fantasma de Kiev"

No mesmo dia, a conta publicou uma imagem produzida parecendo um cartaz de filme, chamando a atenção para o "fantasma de Kiev". O mito de um agente desconhecido que teria sozinho abatido seis caças russos tem sido amplamente divulgado pela comunidade da Ucrânia e pelas autoridades do país após um vídeo divulgado que supostamente teria mostrado o piloto em ação contra a Rússia.  

O perfil oficial da Ucrânia no Twitter também destacou a "ação" do suposto piloto, publicando um vídeo afirmando que "as pessoas o chamam de fantasma de Kiev e com razão, pois ele se tornou um pesadelo para os aviões invasores russos".

O vídeo, no entanto, é falso, de acordo com verificação da empresa jornalística da Alemanha, Deutsche Welle. Conforme a apuração, os registros na verdade seriam de uma transmissão de jogo de videogame - Digital Combat Simulator World (DSC)-, que foi publicado no Youtube e que mostra um combate aéreo.  A informação foi confirmada pela fabricante do jogo, Eagle Dynamics, à agência Reuters. 

Postagens contendo "contrastes" entre os presidentes da Rússia e da Ucrânia também têm sido recorrentes. Em uma das publicações, o perfil oficial do país atacado fez uma montagem mostrando diferentes situações envolvendo Vladimir Putin e Volodymyr Zelensky. Na primeira, Putin aparece sozinho, e o líder ucraniano rodeado de sua família. Em outra parte da imagem, o presidente russo está sentado em uma mesa afastado de seus oficiais militares, enquanto Zelensky surge abraçado com uma autoridade de segurança.

Outra conta do governo também faz uma comparação com as lideranças da Rússia e Belarus, destacando o viés da democracia. Na montagem, estão diferentes presidentes da Ucrânia ao longo dos últimos. Já os chefes do Executivo dos outros países permanecem os mesmos.

Nesta quinta-feira, prosseguem com força os movimentos russos contra a Ucrânia. Kiev voltou a ser bombardeada nas primeiras horas do dia. Na região de Kharkiv, 34 civis morreram nas últimas 24 horas, segundo os serviços de emergência. As explosões que abriram o 8° dia de invasão russa ocorrem horas antes de uma nova tentativa diplomática de se chegar a um cessar-fogo no país do Leste Europeu.

Veja Também

 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895