Facebook acrescentará contexto e links a notícias sobre Covid-19
capa

Facebook acrescentará contexto e links a notícias sobre Covid-19

Rede social está expandindo seus esforços para combater a desinformação

Por
AFP

Além disso, Facebook exibirá notificação se conteúdo com mais de 90 dias for compartilhado


publicidade

Cada vez mais etiquetas e avisos: o Facebook, que está expandindo seus esforços para combater a desinformação, planeja publicar contexto e links para acompanhar todas as postagens que mencionam a Covid-19. Quando seus usuários publicam ou compartilham artigos sobre a pandemia, a rede social adiciona informações sobre a fonte do conteúdo, além de links para seu próprio centro de informações sobre a doença.

"Ao fornecer mais contexto, nosso objetivo é facilitar que as pessoas identifiquem conteúdo que seja recente, confiável e valioso para elas", afirmou a empresa em comunicado divulgado nesta quinta-feira.

Além disso, o Facebook exibirá uma notificação se o conteúdo da mídia com mais de 90 dias for compartilhado. "Essa notícia data de mais de três meses", avisará a rede social, permitindo, entretanto, que a notícia seja compartilhada. "As organizações de notícias nos transmitiram suas preocupações sobre histórias antigas compartilhadas nas mídias sociais, como notícias, o que pode levar a interpretações errôneas", afirmou a plataforma.

A empresa californiana toma medidas contra a desinformação desde 2018, amplificada pelas redes sociais, prejudicando sua reputação. A atual crise da saúde provocou uma série de notícias falsas, fraudes e teorias da conspiração sobre as causas, as formas de prevenção e os remédios para combater o coronavírus.


Em abril, o Facebook disse que já havia redirecionado quase 2 bilhões de usuários, ou seja, quase todos os usuários, para informações de autoridades de saúde pública, por meio do "Covid-19 Information Center", disponível em cada segmento de notícia.