Fundadores do Google entregam toda administração do grupo ao CEO Sundar Pichai
capa

Fundadores do Google entregam toda administração do grupo ao CEO Sundar Pichai

Page e Brin seguiam no comando da Alphabet, que lidava com negócios não-centrais do grupo

Por
AFP

Larry Page salientou que vai para um papel de "pai orgulhoso"

publicidade

Sundar Pichai, diretor executivo da Google, vai assumir também as rédeas da Alphabet, matriz da empresa de tecnologia norte-americana, anunciou o grupo nesta terça-feira. O executivo de 47 anos substituirá Larry Page, que fundou a Google há 21 anos com Serguei Brin. "Pensamos que chegou o momento de assumir o papel de pais orgulhosos, que dão conselhos e amor, ao invés de uma intensa vigilância diária", escreveram os dois fundadores, que seguem sendo membros do conselho administrativo da Alphabet e acionistas.

A Alphabet foi fundada em 2015 para englobar todas as atividades não centrais do grupo, dos carros autônomos da Waymo à filial Sidewalk Labs, dedicada a projetar "cidades inteligentes". Pichai dirigirá um gigante com mais de cem mil funcionários no mundo, que está envolvida em muitas controvérsias relacionadas com sua posição dominante na internet e nas tecnologias em geral.

Nascido em uma família humilde em Chennai, Índia, estudou no Indian Institute of Technology (IIT) de Kharagpur antes de continuar sua formação nos Estados Unidos e começar sua carreira. "Sundar aporta humildade e grande paixão pela tecnologia a nossos usuários, a nossos sócios e nossos funcionários a cada dia. Não poderíamos encontrar ninguém melhor para levar Google e Alphabet para o futuro", declararam Page e Brin.