capa

Huawei processa EUA por proibir seus produtos na administração federal

Empresa chinesa afirmou que governo americano hackeou e-mails do grupo

Por
AFP

Huawei e EUA travam forte luta comercial

publicidade

A gigante chinesa de telecomunicações Huawei informou nesta quinta-feira que está processando os Estados Unidos por proibir as agências federais de comprar equipamentos e serviços do grupo. "O Congresso dos Estados Unidos jamais pode fornecer a mínima prova para apoiar suas restrições aos produtos da Huawei. Assim, somos obrigados a adotar esta ação legal como último recurso", destaca Guo Ping, um dos presidentes da empresa, durante entrevista na sede da companhia

Guo Ping também acusou o governo americano de hackear e roubar e-mails do grupo. O governo dos Estados Unidos "hackeou nossos servidores e roubou emails e códigos", declarou, sem dar mais detalhes. 

Huawei, a número dois do mercado mundial de smartphones, iniciou em 2019 uma firme campanha de comunicação contra a acusação de Washington de que sua tecnologia é utilizada como instrumento de espionagem por Pequim. Os Estados Unidos proibiram o grupo de participar da instalação de redes 5G no território americano e incitam seus aliados ocidentais a adotar medidas similares.