Mudanças na demo do PES 2020 dividem jogadores
capa

Mudanças na demo do PES 2020 dividem jogadores

Atletas profissionais gostaram das novidades e fizeram um comparativo com a versão de 2019 do concorrente

Por
Guilherme Testa

Ronaldinho Gaúcho é o garoto-propaganda da Legend Edition da próxima versão do simulador de futebol da Konami

publicidade

Todo ano é aquela expectativa: “Quais serão as novidades dos simuladores de futebol no videogame?”. E quem não quer um jogo evoluído, com mais dinâmica entre os atletas e o player, mais modos de jogos que se aproximam da realidade do vestiário e do estádio? Esse ano, a Konami conseguiu trazer algo diferente do que vinha apresentando nos últimos anos e tem dividido as opiniões dos fãs e atletas ProPlayers.

Uma das atrações deste ano é o escaneamento 3D dos atletas que possibilitou uma maior veracidade na representação dos jogadores. No Brasil, apenas o Flamengo e o São Paulo tiveram oportunidade de participar desse procedimento. “O gráfico está muito bom. Houve um avanço considerável do ano passado pra cá”, afirma Erick Teixeira, 28 anos, que voltou a jogar PES há três anos.

Outra inovação é a nova câmera de jogo. Ela simula a transmissão televisiva, como se fosse operada por um cameraman. O que acabou gerando alguns pequenos transtornos em relação aos lances de jogo. “A visão é legal pra quem assiste, mas para jogar é muito lenta”, relatou Diego Rodriguez, 27 anos, jogador de FIFA que experimentou a nova Demo durante o final de semana.

Para aqueles que jogam o futebol virtual profissionalmente, ocorreram grandes mudanças na jogabilidade. A Inteligência Artificial foi remodelada, com um novo sistema de dribles e domínio destacados na campanha de divulgação do jogo no início do ano.

Anderson Wenig, atleta ProPlayer de PES, diz que, comparado a versão 2019, a demo teve um avanço considerável, mas espera que alguns bugs ainda sejam corrigidos: "Alguns lances precisam ser melhor calibrados. Quando tu faz a marcação e a bola passa do lado. Ou nos toques de primeira e o passe não vai no pé. Ou, ainda, quando tu tenta dar um passe no vazio, que é para o jogador se projetar e pegar a bola. Ajustando isso, o jogo será muito bom".

FIFA20

O Bruno "Fiuk" Oliveira, 29 anos, é atleta de FIFA e testou o novo PES2020: "Ele tá mais leve e mais bonito. Achei que ele evoluiu do ano passado pra cá, mas o FIFA ainda me encanta mais", afirmou o multicampeão que tem muita expectativa para o novo jogo da EA.

As principais mudanças do simulador da FIFA ficaram por conta do refinamento dos chutes calibrados e da marcação defensiva. "Quando iniciou a versão 2019, o chute era de uma maneira e foi mudado durante o ano. Falaram que as divididas ficarão mais para o zagueiro do que para o atacante, dificultando um pouco mais a sequência de dribles", afirmou Fiuk.

O FIFA20 trará o "FIFA Street" no modo VOLTA. O jogo, que foi sensação no início dos anos 2000, teve sua última aparição nos consoles em 2012. Este ano, vem remodelado, com modos de jogo internos e 17 "playgrounds", onde será possível jogar partidas de 3 contra 3, 4 contra 4 e 5 contra 5 no melhor estilo futebol de rua.

Fiuk acredita que este será um grande impulsionador de vendas: "Acho que será uma diversão ímpar para quem ficar cansado das partidas convencionais".

Transição

Para o atleta profissional, treinos são essenciais. E para o futebol virtual não poderia ser diferente. Wenig e Fiuk concordaram que as primeiras semanas da nova versão são importantes para uma rápida adaptação: "Tem que ir treinando desde a demo. Quem conseguir se adaptar a nova versão antes, sempre sai em vantagem", afirmou Fiuk.

No PES, o calendário ainda tem competições nacionais importantes na versão 2019, mas Wenig já definiu que a rotina de adaptação é com horas de treinos: "Faz toda diferença tu arrancar o ano afiado nos primeiros torneios da nova versão".

 

O "eFootball PES 2020" está em pré-venda para o lançamento no dia 10 de setembro. A compra antecipada possui como bônus o empréstimo de Andrés Iniesta no modo MyClub por 10 jogos, além de 1000 MyClub coins.

A versão física padrão será vendida ao preço sugerido de R$ 199 nos consoles e R$ 119 no PC. Já a edição Legend é exclusivamente digital e garante um jogador lendário aleatório no MyClub, além de Ronaldinho Gaucho e Lionel Messi emprestados por 10 jogos. O preço sugerido é de R$ 330 nos consoles e R$ 199 no Steam.

A data de lançamento do FIFA20 está agendada para 27 de setembro. A expectativa é que a demo seja lançada próximo do dia 12 de setembro. Há três versões digitais do game já estão disponíveis na pré-venda: Ultimate, Champions e Standard. Com valores de R$ 239, R$ 319 e R$ 389, respectivamente.