Nasa autoriza o primeiro voo tripulado do SpaceX em 27 de maio
capa

Nasa autoriza o primeiro voo tripulado do SpaceX em 27 de maio

Robert Behnken e Douglas Hurley decolarão às 20h33, no horário de Brasília, a bordo de uma cápsula Crew Dragon com destino à Estação Espacial Internacional (ISS)

Por
AFP

Este será o primeiro voo tripulado americano desde 2011

publicidade

A Nasa anunciou nesta sexta-feira que deu sinal verde ao lançamento na próxima quarta-feira de dois astronautas americanos a bordo de um foguete da SpaceX, o que será o primeiro voo tripulado americano desde 2011.

Autoridades da agência espacial americana e da empresa de Elon Musk estão no Centro Espacial Kennedy, na Flórida, em discussão desde a última quinta-feira sobre os ajustes finais antes da missão programada para 27 de maio, que ocorre nos Estados Unidos em meio à pandemia de coronavírus.

"A Flight Readiness Review foi concluída! A missão SpaceX Crew Dragon da Nasa está liberada para prosseguir para a decolagem", informou a agência espacial no Twitter.

A previsão é de que os astronautas americanos Robert Behnken e Douglas Hurley decolem em 27 de maio  da Platamaforma Kennedy de Lançamento 39A às 16h33 (20h33 horário de Brasília) a bordo de uma cápsula Crew Dragon com destino à Estação Espacial Internacional (ISS), na qual pousarão no dia seguinte. Atualmente, a ISS abriga dois russos e um americano.

Astronautas americanos têm voado para a Estação Espacial Internacional em foguetes russos da Soyuz desde que o programa envolvendo ônibus espaciais terminou em 2011, após três décadas.

Se a missão da SpaceX for bem-sucedida, os EUA atingirão seu objetivo de não precisar mais comprar assentos nos foguetes da Soyuz, da Rússia, para dar carona aos seus astronautas rumo à estação espacial. Nos últimos anos, os Estados Unidos gastaram bilhões de dólares na SpaceX e na Boeing, numa tentativa de recuperar a capacidade de enviar astronautas ao espaço.