Pesquisadores criam tela de celular que se regenera por conta própria

Pesquisadores criam tela de celular que se regenera por conta própria

Material conta com microcápsulas de óleo de linhaça, substância que endurece e pode reparar até 95% do dano

R7

Rachaduras podem ser reparadas em até 20 minutos

publicidade

Pesquisadores do Instituto de Materiais de Compósitos Avançados do Instituto Coreano de Ciência e Tecnologia (KIST) desenvolveram uma tela de celular com microcápsulas de óleo de linhaça capaz de regenerar eventuais rachaduras por conta própria. O estudo foi publicado recentemente na revista científica ScienceDirect.

As microcápsulas foram revestidas com plástico poliimida incolor, material dobrável, flexível e amplamente utilizado não somente em telas de smartphones, tablets e outros dispositivos, como também em outras tecnologias como paineis solares.

Veja Também

Apesar de ser capaz de ser dobrado milhares de vezes sem causar um único arranhão, a tecnologia não é capaz de impedir que ocorram rachaduras, motivo que levou os cientistas a incorporarem à composição da tela o óleo de linhaça.

Em testes de laboratório, a equipe comprovou que quando a integridade da tela é comprometida, a substância vaza e segue para a área danificada e passa a endurecer nas fissuras recém-formadas, reparando até 95% do dano.

O processo, que normalmente levaria horas, pode ser acelerado e concluído em 20 minutos se o dispositivo for submetido a altas temperaturas e a luz ultravioleta.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895