"Trabalharemos com autoridades do BC para restaurar serviço de pagamentos", diz WhatsApp

"Trabalharemos com autoridades do BC para restaurar serviço de pagamentos", diz WhatsApp

Serviço foi suspenso no país

AE

WhatsApp quer inovar e permitir que usuários possam fazer pagamentos

publicidade

O chefe do WhatsApp, Will Cathcart, afirmou que está "animado" em retomar a solução de pagamentos no aplicativo, pertencente ao Facebook, no Brasil "o mais breve possível". Em comentário sobre a reunião com o Banco Central, realizada nesta quarta-feira após a funcionalidade ter sido suspensa no país, ele também disse que há a intenção em aderir ao sistema de pagamentos instantâneos que está sendo desenvolvido pelo órgão regulador, o PIX.

"Ontem nos reunimos com as autoridades do Banco Central e estamos animados em permitir que os brasileiros enviem pagamentos seguros e sem dinheiro físico no WhatsApp o mais breve possível", destacou Cathcart.

Ele afirmou ainda que o WhatsApp vai trabalhar em conjunto com os parceiros e as autoridades brasileiras para restaurar o serviço rapidamente. De acordo com Cathcart, o Banco Central expressou intenção de "encontrar um caminho" com as bandeiras de cartões Visa e Mastercard para que a solução de pagamentos continue a funcionar e ainda envolver outras autoridades para resolver eventuais dúvidas pendentes.

"O WhatsApp afirmou seu apoio a um modelo pró-competitivo e aberto para pagamentos e também seu compromisso em fornecer pagamentos via PIX tão logo o sistema esteja disponível", revelou o chefe do aplicativo. "O Banco Central ressaltou que respalda plataformas como o WhatsApp que estão inovando em pagamentos digitais e criando novas maneiras de apoiar pessoas e pequenas empresas em todo o Brasil", acrescentou.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895