Walmart se alia à Microsoft nas negociações para comprar TikTok

Walmart se alia à Microsoft nas negociações para comprar TikTok

Aplicativo de vídeo está no centro de uma disputa diplomática entre Washington e Pequim

AFP

Trump assinou uma ordem executiva em 6 de agosto que deu às empresas americanas 45 dias para parar de fazer negócios com sua matriz chinesa, a ByteDance.

publicidade

A gigante varejista americana Walmart informou nesta quinta-feira que fez parceria com a Microsoft nas negociações para comprar a plataforma de compartilhamento de vídeo TikTok, que o presidente Donald Trump ameaçou banir se não passasse para as mãos de uma empresa americana.

A TikTok está no centro de uma disputa diplomática entre Washington e Pequim, e Trump assinou uma ordem executiva em 6 de agosto que deu às empresas americanas 45 dias para parar de fazer negócios com sua matriz chinesa, a ByteDance.

A medida também estabeleceu um prazo, até novembro, para a venda do aplicativo popular entre os jovens a uma empresa americana. "Estamos confiantes de que uma parceria entre o Walmart e a Microsoft atenderá às expectativas dos usuários do TikTok nos Estados Unidos e, ao mesmo tempo, atenderá às preocupações dos reguladores dos Estados Unidos", disse o Walmart à AFP.

 

 

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895