Abertura de UPA é adiada em Novo Hamburgo
capa

Abertura de UPA é adiada em Novo Hamburgo

Paralisação dos caminhoneiros atrasou a entrega de oxigênio para o serviço

Por
Stephany Sander

A previsão é de que serviço comece a operar em 23 de junho

publicidade

Não será mais neste sábado, 9 de junho, a inauguração da segunda Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 Horas do município de Novo Hamburgo. Devido à greve dos caminhoneiros, a entrega de oxigênio, fundamental para a instalação da central de gases medicinais, ainda não foi feita e, por conta disso, o espaço situado na rua Visconde de Taunay, no bairro Rio Branco seguirá fechado.

A previsão da Secretaria Municipal de Saúde é de que o material seja entregue até o próximo dia 22, assim, a inauguração ocorreria no dia 23. A unidade deveria ter sido entregue em 2016, mas, em razão do atraso no repasse das verbas para as obras e novas exigências do Ministério da Saúde, o projeto precisou ser refeito e protelou a conclusão dos serviços.