Acessos a loteamentos de Frederico Westphalen são isolados para evitar aglomeração de pessoas

Acessos a loteamentos de Frederico Westphalen são isolados para evitar aglomeração de pessoas

Coordenadoria de Saúde alertou para aumento do número contaminados pelo Covid-19

Agostinho Piovesan

A administração municipal intensificou a fiscalização

publicidade

Acessos a loteamentos e praças estão sendo isolados para evitar a aglomeração de pessoas em Frederico Westphalen. De acordo com a 2ª Coordenadoria Regional de Saúde com sede no município, o aumento do número de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus, assim como a elevação da ocupação de leitos de UTIs e leitos clínicos, registrados nos últimos dias, se tornou uma preocupação para o órgão, que abrange 26 cidades das microrregiões do Médio Uruguai e Celeiro. 

Segundo a titular da Coordenadoria, Marly Vendruscolo, os nove leitos de UTIs dos hospitais Divina Providência (HDP) de Frederico Westphalen, Santo Antônio (HSA) de Tenente Portela e Caridade (HC) de Três Passos estão praticamente lotados. “Além disso, vem aumentando de forma muito preocupante o número de pessoas contaminadas pelo Covid-19 baixadas e, leitos clínicos, assim como o número de pessoas que testam positivo para a doença”, disse.

Marly lembra que a situação tende a ficar mais grave ao passo que UTIs Covid de outros hospitais da região Norte também apresentam ocupação quase total. “Lamentavelmente ocorreu um relaxamento, nos últimos meses, em relação ao uso de máscara, álcool gel e distanciamento e agora vem o resultado que preocupa a todos”, observou.

A coordenadora da 19ª CRS afirma que atualmente a região vive uma situação mais grave do que no início da pandemia quanto ao número de pessoas que testam positivo. “É importante destacar que o número de pessoas idosas afetadas com mais gravidade continua elevado e também cresceu o número de jovens adultos contaminados”, alertou.

Diante da situação, a administração municipal, com apoio da Brigada Militar, intensificou a fiscalização, especialmente nos finais de semana, a fim de evitar aglomeração de pessoas e disseminação do vírus na cidade. 

Veja Também

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895