Agergs e Prefeitura de Estância Velha discutem falhas no abastecimento de água
capa

Agergs e Prefeitura de Estância Velha discutem falhas no abastecimento de água

Problemas motivaram município a preparar ação civil pública para encaminhar ao MP

Por
Stephany Sander

Moradores receberam água com coloração alterada em dezembro


publicidade

Está prevista para o início da tarde desta quinta-feira uma reunião entre membros da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul (Agergs) e representantes da Prefeitura de Estância Velha. O encontro vai tratar dos problemas relacionados ao abastecimento de água, prestado pela Corsan, para moradores de cinco bairros da cidade. Na tarde da terça-feira integrantes da companhia estiveram na Agergs para prestar esclarecimentos.

Na ocasião, ficou sugerido que a companhia aplicasse desconto aos moradores afetados nos dias 17 e 18 de dezembro quando, após mais de 15 horas sem água, moradores se depararam com água com odor e coloração escura. A prefeitura prepara uma ação civil pública com laudos técnicos, a partir da análise de amostras da água, junto com os documentos que serão encaminhados ao Ministério Público Estadual. 

Em nota eviada na terça-feira, a Corsan informou que "conta com procedimentos elaborados por profissionais técnicos a fim de garantir a água distribuída, bem como o monitoramento da água aduzida" e que "foram realizadas análises de coliformes totais e Escherichia coli na água tratada pela estação de Campo Bom (que abastece o município de Estância Velha) nos dias 6, 11, 13, 17, 20, 21, 24 e 27 de dezembro de 2018. As amostras apresentaram resultados negativos para ambos os parâmetros."