Aldeia SOS em Santa Maria sofre com ação de vândalos

Aldeia SOS em Santa Maria sofre com ação de vândalos

Fios da rede elétrica e o portão de acesso foram furtados

Renato Oliveira

O gerente de território da Aldeia SOS informou que a Instituição busca alternativas para reativar o local

publicidade

O prédio onde funcionava um núcleo da Aldeia SOS em Santa Maria, localizado na Vila Alto da Boa Vista, região Oeste do município, vem sofrendo ações de criminosos. Depois de arrombarem o local e levarem os fios da rede de energia elétrica, os vândalos acabaram furtando o portão de acesso ao prédio.

"Lamentamos a audácia das pessoas que praticaram esta ação que vem em prejuízo da comunidade.", afirmou a presidente da Associação Comunitária Alto da Boa Vista, Elizabeth Pinheiro. “O prédio foi construído graças a um mutirão comunitário que envolveu moradores e alguns estabelecimentos comerciais”, lembra Elizabeth.

“O espaço era ocupado por 90 crianças da Educação Infantil que foi fechado no ano de 2017 e estamos à espera de uma solução para que o local seja reativado”, comentou Éder Pompeo, morador da região.

Segundo a presidenta da Associação, vários contatos foram feitos com a coordenação da Aldeia SOS e a resposta foi a falta de recursos para reativar o local. O gerente de território da Aldeia SOS, Enéas Machado, informou que a Instituição busca alternativas para reativar o local.

“Estamos mantendo contato com o Conselho da Criança e Adolescente que é integrado por representantes da prefeitura e da Sociedade Civil, a fim de conseguirmos alternativas para a retomada do espaço”, acrescentou Enéas.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895