Alegrete aponta colapso e pede cuidados redobrados com a Covid-19

Alegrete aponta colapso e pede cuidados redobrados com a Covid-19

Único hospital do município, que atende toda a região, está com superlotação

Fred Marcovicci

Executivo publicou nota pedindo esforço coletiva no embate à pandemia

publicidade

A Prefeitura de Alegrete divulgou uma nota sobre a situação caótica que se instalou no município por causa da pandemia da Covid-19. O documento ressalta que o sistema local está em colapso e com gravíssimos problemas, como falta de leitos, de cilindros de oxigênio e de equipamentos imprescindíveis ao tratamento dos pacientes com Covid-19.

A Secretaria de Saúde cedeu enfermeiros das unidades básicas para trabalhar na linha de frente, sob a coordenação da Santa Casa de Caridade, viabilizando oxigênio, colocando ambulâncias à disposição, assegurando que dará seguimento aos atendimentos de outras comorbidades e atendimento intensivo nas Unidades Básicas de Saúde. O reforço se dará por meio das equipes das Estratégias de Saúde da Família (ESFs) e aos atendimentos no Centro de Triagem Respiratória às síndromes gripais.

Todos as tentativas direcionadas pelo município até agora reforçam que os órgãos públicos e entidades de saúde não estão medindo esforços para superar a brutalidade deste momento. Por fim, a Prefeitura de Alegrete conclama a população alegretense a manter medidas preventivas e protocolos que reduzem a transmissão do novo coronavírus, como o uso de máscara, higienização das mãos com álcool em gel e distanciamento social.

Alegrete, até o momento, anotou 6.338 casos confirmados da doença, sendo 1.400 ativos. Há 48 pacientes hospitalizados e foram anotadas 91 mortes por Covid-19.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895