Alunos recebem pulseiras no combate à Covid-19 em Campo Bom

Alunos recebem pulseiras no combate à Covid-19 em Campo Bom

Objeto serve como dispenser de álcool gel para higienização das mãos

Stephany Sander

A pulseira Gömo é feita de TPU, material super-resistente, atóxico e 100% reciclável

publicidade

Mil alunos da rede municipal de ensino de Campo Bom receberam pulseira criada para higienizar as mãos e ajudar no combate à Covid-19. A pulseira Gömo é feita de TPU, material super-resistente, atóxico e 100% reciclável. Ela serve como dispenser de álcool gel, utilizado para higienização das mãos na prevenção contra a Covid-19. O projeto foi desenvolvido pela empresa ÖUS, empresa com sede na cidade, em parceria com a Universidade do Ceará.

As pulseiras são produzidas pela FCC. Uma das entregas ocorreu na manhã desta quinta-feira, na Escola Presidente Vargas, localizada no mesmo bairro Operária, segundo a secretária de Educação e Cultura, Simone Schneider. “A ação da empresa junto às escolas é um trabalho social louvável e a participação dos alunos é muito importante na conscientização da comunidade quanto aos cuidados no combate à pandemia", afirmou ela.

As coordenadoras das escolas que estão recebendo os itens de proteção, passam por uma capacitação da empresa ÖUS para conhecer o processo de produção das pulseiras e a forma correta de utilizá-las e descartá-las. Ao receberem as pulseiras, os estudantes ainda assistem a um vídeo explicativo sobre como usar a pulseira e sua importância nos cuidados contra o vírus.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895