Aumenta número de focos do Aedes aegypti em Caxias do Sul

Aumenta número de focos do Aedes aegypti em Caxias do Sul

Ao todo, são 24 focos do mosquito distribuídos em 11 bairros da cidade

Celso Sgorla

Os focos do mosquito foram encontrados dentro de objetos com acúmulo de água parada

publicidade

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Caxias do Sul informa que o número de criadouros do mosquito Aedes aegypti, responsável por transmitir a dengue, subiu para 24 no município. Ao todo, 11 bairros já registraram a presença do inseto, tanto em forma de larva, quanto na sua fase adulta.

As localidades são: Bela Vista, Centenário, Cinquentenário, Cruzeiro, De Lazzer, Kayser, Nossa Senhora da Saúde, Petrópolis, Pio X, Santa Lúcia e Santa Lúcia Cohab. As larvas ou mosquitos adultos foram encontrados, a maioria, em residências e dentro de objetos com acúmulo de água parada como pneus, caixas d’água, tambores, tonéis e vasos de planta.

Sandra Tonet, diretora técnica da Vigilância Ambiental da SMS, destaca a importância da prevenção contra o inseto, principalmente dentro das casas e em seus entornos. “Tivemos um aumento significativo no número de focos. O que nos deixa ainda mais preocupados é que já encontramos até mesmo mosquitos adultos, prontos para picar e transmitir doenças. É importante que todos realizem ao menos uma limpeza semanal nas suas casas”, explica.

A diretora ainda ressalta a quais cuidados deve-se ter mais atenção. “Deve se dar uma atenção especial para os objetos que podem acumular água parada, realizando seu descarte ou higienizando eles. Sabemos que nesse momento de pandemia muitos estão em casa, por isso não podemos esquecer desta responsabilidade”.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895