capa

Biblioteca Pública de Campo Bom receberá tablets e e-readers

Com investimento de R$ 140 mil, implantação das tecnologias busca a inclusão digital dos usuários

Por
Stephany Sander

O objetivo é incentivar os leitores

publicidade

A Biblioteca Pública Municipal de Campo Bom, localizada no Complexo Cultural do Centro de Educação Integrada (CEI), receberá tablets e e-readers, visando a inclusão digital dos usuários. A iniciativa integra o programa Bibliotecas Digitais 2018, que oferece recursos para implantar as novas tecnologias da informação em bibliotecas públicas de todo o Brasil. Além de auxiliar em pesquisas e estudos, a novidade também possibilitará o desenvolvimento de oficinas sobre o uso das novas tecnologias para a terceira idade, pessoas com deficiência e alunos do Programa de Educação de Jovens e Adultos do Município (EJA). 

Além da compra dos novos equipamentos de leitura, ainda serão adquiridos 400 livros digitais, móveis que farão parte de um espaço de convivência e leitura confortável, para que os usuários também aproveitem o local. “Queremos incentivar a leitura, agregando ferramentas digitais ao desenvolvimento social e educacional de jovens e adultos”, afirma o prefeito Luciano Orsi. Ele destaca que a cidade é uma das 19 que terão o projeto custeado pelo Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas do Ministério da Cultura, com o valor de R$ 126 mil, mais R$ 14 mil de contrapartida do município. 

O edital será lançado nas próximas semanas e o projeto deve começar até o final deste primeiro semestre. As oficinas, para que a população aprenda a manejar os tablets e leitores digitais, serão divididas em quatro módulos que correspondem a: introdução às plataformas digitais; fontes de informações digitais; dispositivos móveis; e literatura em formato digital. Por meio de outro edital captado de 2018, pelo Programa Nacional de Incentivo à Cultura, a biblioteca de Campo Bom também receberá R$ 55 mil para qualificar e modernizar o espaço.