Biblioteca Pública de São Sebastião do Caí pode ser interditada por problemas estruturais graves

Biblioteca Pública de São Sebastião do Caí pode ser interditada por problemas estruturais graves

Prefeitura abriu processo de chamamento público visando definir um novo endereço para abrigar as mais de 27 mil obras do acervo do espaço

Stephany Sander

Prefeitura abriu processo de chamamento público visando definir um novo endereço para abrigar as mais de 27 mil obras do acervo do espaço

publicidade

Devido a graves problemas estruturais na atual sede da Biblioteca Pública Municipal Carlos Henrique Oderich Sobrinho, da cidade de São Sebastião do Caí, a Prefeitura abriu processo de chamamento público visando definir um novo endereço para abrigar as mais de 27 mil obras do acervo do espaço. Localizado na esquina da Rua Pinheiro Machado com a Rua Marechal Deodoro, no Centro da cidade, o prédio que abriga atualmente a biblioteca pertence aos Correios e, segundo o secretário municipal de Educação, Cultura, Turismo e Desporto, Elton Fernandes, este é o primeiro problema do local.

“Por ser imóvel federal, não podemos fazer obras estruturais ou reformas mais amplas e um dos principais problemas do local está no telhado, que precisa ser reformado. Além de não haver nenhuma previsão dos Correios fazer isso, nós não podemos fazer,” salienta destacando que o imóvel vem sofrendo com infiltrações e alagamentos.

Conforme a responsável pela biblioteca, Eliane Paim de Lima parte das estantes estão cobertas com plásticos com o objetivo de proteger os livros. “Estamos em um local totalmente improvisado, dividido em várias salas pequenas, que dificultam a distribuição das prateleiras com livros e também os pontos de leitura e estudo", complementa, destacando que são mais de 4,7 mil associados ativos na biblioteca.

Segundo o secretário Elton Fernandes, a intenção é fazer a mudança até o final do ano, sendo que o prazo depende da assinatura do contrato e das melhorias e adaptações necessárias no novo prédio que ficará na Rua Coronel Paulino Teixeira, próximo ao cartório eleitoral, também no Centro.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895