Campanha Máscara Roxa é lançada em São Leopoldo

Campanha Máscara Roxa é lançada em São Leopoldo

Iniciativa visa combater a violência doméstica

Stephany Sander

Campanha contra violência doméstica é lançada em São Leopoldo

publicidade

Foi lançada na manhã desta terça-feira, através de uma transmissão online, a campanha Máscara Roxa, na cidade de São Leopoldo. A iniciativa visa auxiliar mulheres que queiram denunciar casos de violência doméstica, segundo a secretária de Políticas para Mulheres, Danusa Alhandra.

“As farmácias fazem parte desta ação. É um trabalho conjunto entre os órgãos oficiais e esses outros setores da sociedade que permite que o enfrentamento a violência doméstica alcance ainda mais mulheres e as encoraje a pedir ajuda. Se for possível, todos as farmácias devem aderir a campanha pois ela pode salvar vidas”, explica.

Para que as farmácias façam parte da campanha é preciso inscrever o estabelecimento através do número de whatsapp 51 991993641 ou pelo e-mail comite.gaucho.elesporelas@gmail.com.

A partir disto, o local recebe o selo “Farmácia Amiga das Mulheres” que auxilia as vítimas a identificar onde pedir ajuda. “A mulher que está sofrendo violência não está sozinha e deve se sentir acolhida pelos serviços de proteção presentes no município para buscar ajuda e denunciar”, conclui a secretária.

A campanha Máscara Roxa possibilita que mulheres vítimas de violência doméstica denunciem, de forma discreta, casos de agressões em farmácias que tiverem o selo “Farmácia Amiga das Mulheres”.

Ao chegar no estabelecimento, a mulher deve pedir a "máscara roxa", que é o código para que o atendente saiba que se trata de um pedido de ajuda. O atendente, já treinado, vai informar que o produto está em falta e pegará alguns dados para avisar quando o produto chegar.

Na realidade, estes dados serão repassados à Polícia Civil, que encaminhará a investigação. Os trabalhadores das farmácias participantes receberão capacitação online para realizar o procedimento e garantir a segurança da vítima. A campanha é uma iniciativa do Comitê Gaúcho ElesPorElas, da ONU Mulheres, com o apoio de órgãos da segurança e do Judiciário do Rio Grande do Sul.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895