Central Térmica de Uruguaiana volta a gerar energia

Central Térmica de Uruguaiana volta a gerar energia

CTU vai gerar 250 MW nesta primeira fase, podendo chegar a 640 MW nos próximos meses

Fred Marcovici

CTU vai gerar 250 MW nesta primeira fase, podendo chegar a 640 MW nos próximos meses

publicidade

O presidente da SAESA Energia (criada em 2006), Juan Bosch, confirmou às autoridades gaúchas que a Central Térmica Uruguaiana (CTU) retomou a geração de energia no último final de semana. Nesta primeira fase a CTU vai gerar, 250 MW de energia, sendo que a potência plena da planta permite atingir os 640 MW, ainda nos próximos meses.

A energia gerada em Uruguaiana será destinada ao Brasil e entrará no país por meio do Sistema Sul. A linha sai de Uruguaiana e percorre ao menos 270 quilômetros até Garruchos, onde fica a estação conversora da usina que conta como insumo principal o gás natural vindo da Argentina.

Com possibilidade de enviar energia para os dois países, a estrutura deve atender em especial à demanda brasileira, suprindo principalmente os períodos de estiagem, que prejudicam a produção das hidrelétricas nacionais. Inaugurada em julho de 2000, a Usina de Uruguaiana foi a primeira termelétrica a operar no RS.

No período de administração da AES, interrompeu os trabalhos em 2009 devido à quebra de contrato dos fornecedores de gás natural, e reabriu em caráter emergencial em 2013, 2014 e 2015, por períodos temporários. Adquirida em setembro pela empresa argentina Saesa Solución Energética, que explora jazidas de gás, deve ingressar em um processo seguro visto que a companhia não dependerá de fornecedores externos. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895