Cerimônia virtual registra os 155 anos da retomada de Uruguaiana das mãos paraguaias

Cerimônia virtual registra os 155 anos da retomada de Uruguaiana das mãos paraguaias

Data marca a passagem histórica da rendição frente as forças da Tríplice Aliança formada por Brasil, Uruguai e Argentina

Fred Marcovici

Evento cívico-militar integra os festejos da Semana Farroupilha 2020

publicidade

A solenidade registrando os 155 anos da Retomada de Uruguaiana de mãos paraguaias  - após sitio de 44 dias em 1865 por tropas de Solano Lopez (5 de agosto a 18 de setembro) - neste ano será realizada de forma atípica a usual. Tradicionalmente realizada junto ao Obelisco da avenida Presidente Vargas,  monumento que marca a passagem  histórica da rendição frente as forças da Tríplice Aliança formada por Brasil, Uruguai e Argentina, o evento ocorrerá na sexta-feira, às 10h, no Salão Nobre da Prefeitura. No espaço está a obra do artista plástico uruguaio Alejandro Arnutti, que retrata o momento final da Guerra do Paraguai. 

A mudança de local deve-se aos efeitos da pandemia  - evitando assim aglomeração de populares e respeitando os protocolos de segurança e sanidade emitidos pelas autoridades da Secretaria de Saúde. O evento cívico-militar integra os festejos da Semana Farroupilha 2020. 

“Mesmo em meio a pandemia, não poderíamos deixar de reverenciar  o momento histórico que reuniu naquele então o Imperador Dom Pedro II e os presidentes Venâncio Flores do Uruguai e Bartolomé Mitre da Argentina, em Uruguaiana”, destaca o dirigente dos festejos Farroupilhas, Henrique Neumann. “Por isso, fizemos questão de resgatar a data e inseri-la em nossas atividades”, salienta. O cerimonial será transmitido via internet, por meio das redes sociais da Casa Tradicionalista da 4ª Região Tradicionalista, ligada ao MTG.  


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895