Cisvale vai implantar Centro de Referência em Autismo

Cisvale vai implantar Centro de Referência em Autismo

A implantação do serviço se viabilizou pelo projeto TEAcolhe, lançado pelo governo do Estado

Otto Tesche

publicidade

O Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo (Cisvale) confirmou a implantação do Centro Regional de Referência em Autismo, em Santa Cruz do Sul. O espaço funcionará junto ao Centro Regional de Especialidades Médicas (Crem), na rua Ernesto Alves, ao lado da antiga Estação Férrea. No local haverá o atendimento dos casos severos, graves e refratários do Transtorno do Espectro Autista (TEA). Também vai ocorrer a capacitação de equipes de saúde, educação e assistência social para que possam atender os casos leves e moderados nas redes escolar e de atenção básica.

A implantação do serviço se viabilizou pelo projeto TEAcolhe, lançado pelo governo do Estado e que credenciou, inicialmente, três municípios como referências macrorregionais, bem como deu a oportunidade para as prefeituras apresentarem propostas de centros de referência regional. Os 16 municípios integrantes do Cisvale decidiram, como melhor caminho, a formulação de uma proposta conjunta e, com isso, o consórcio foi o único aceito no âmbito do programa.

A presidente do Cisvale e prefeita de Santa Cruz do Sul, Helena Hermany, disse que todos os municípios da região sentem a dificuldade de acesso ao serviço e essa necessidade. Ela destacou a importância da união entre os prefeitos para que toda a população da região possa ter o benefício.

A diretora técnica do Cisvale, Léa Vargas, informou que a partir do resultado do edital de seleção o consórcio terá agora 60 dias para a implementação. Os atendimentos realizados no local serão encaminhados pela rede de saúde dos municípios e vão ocorrer em uma sala montada especificamente para este fim, com o que há de mais moderno na área.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895