Começa a montagem da estrutura para o Enart em Santa Cruz do Sul

Começa a montagem da estrutura para o Enart em Santa Cruz do Sul

Evento tem a expectativa de reunir 30 mil pessoas até domingo

Otto Tesche

A instalação das barracas na área de acampamentos também já começou no parque

O Parque da Oktoberfest de Santa Cruz do Sul recebeu, na segunda-feira, a estrutura para a montagem dos 10 palcos e demais equipamentos para o 34º Encontro de Artes e Tradição Gaúcha (Enart). A montagem inciou nesta terça-feira. O festival começa sexta-feira, com a expectativa de reunir 30 mil pessoas até domingo, entre espectadores e participantes das apresentações artísticas. Nos três dias de programação, 3 mil competidores, das 30 Regiões Tradicionalistas, se apresentarão no evento do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG).

A instalação das barracas na área de acampamentos também já começou no parque. Geraldo Trindade da Silva, de 64 anos, tem um currículo de 24 acampamentos no festival, desde o período em que se chamava Fegart e ocorria em Farroupilha. Ele chegou na sexta-feira com a esposa e afirma que a antecedência é pelo fato de “montar as coisas com tempo”. Para ele, é um lugar para fazer amizades sinceras. “Coleciono amigos por esse tempo que venho aqui. Faz bem para a alma, esqueço dos problemas. É o meu período de férias”, afirma.

O festival terá novidades na abertura este ano, com o início da solenidade às 16 horas, no Ginásio Poliesportivo e Cultural do Parque da Oktoberfest, com a chegada da imagem de Nossa Senhora Medianeira, procedente de Santa Maria. Nos anos anteriores, a cerimônia ocorria sempre à noite. A mudança tem como objetivo aproveitar o feriado.

Outra inovação é a apresentação especial dos grupos de danças campeões do Enart pré-mirim, mirim e juvenil de 2019, às 17h. Logo após ocorre a abertura artística com a exibição especial da invernada do CTG Rancho da Saudade, de Cachoeirinha, campeã das Danças Tradicionais Força A no ano passado. O sorteio das danças do primeiro grupo das forças A e B será às 19 horas.

As apresentações nos três dias do festival ocorrem em dez palcos. Dois deles se destinam às danças tradicionais, categoria que atrai maior público todos os anos. No sábado também ocorre a 20ª Mostra de Arte e Tradição Gaúcha, no pavilhão 3, com visitação do público a partir das 16 horas. O ingresso para acesso ao parque custa R$ 20 para adulto, R$ 10 para criança de 10 a 12 anos, idoso acima de 60 anos e estudante com carteira.

O valor da pulseira permanente é de R$ 50 para adulto e R$ 25 para criança de 10 a 12 anos, idoso acima de 60 anos e estudante com carteira. A entrada é livre para pessoas com deficiência, concorrentes credenciados, estudantes do ensino fundamental da rede pública de Santa Cruz do Sul credenciados e doadores de sangue credenciados no Hemovida Santa Cruz do Sul.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895