Confronto em frente à garagem de ônibus deixa pelo menos quatro feridos em Alvorada

Confronto em frente à garagem de ônibus deixa pelo menos quatro feridos em Alvorada

Grupo bloqueou saída dos coletivos durante a madrugada

Por
Jonathas Costa

Soldado do 24º BPM foi atingido no olho durante tumulto em Alvorada


publicidade

O confronto entre manifestantes e policiais militares em frente à garagem da Soul, em Alvorada, na região Metropolitana, na madrugada desta sexta-feira, deixou pelo menos quatro pessoas feridas - um policial e três manifestantes. 

Desde às 4h, um grupo de cerca de 50 pessoas impedia a saída dos coletivos. Acionados, os policiais chegaram ao local por volta das 4h30min e iniciaram a operação de liberação. Alguns manifestantes resistiram e tiveram que ser arrastados da frente dos veículos que tentavam deixar a garagem. A BM lançou quatro granadas de gás lacrimogêneo. 

O soldado do 24º BPM Matheus Lemos Borges, de 25 anos, atuava junto ao Pelotão de Operações Especiais na liberação do portão da empresa de ônibus quando, segundo a BM, foi atingido por uma pedra no olho direito. 

• Leia mais sobre a Greve Geral

De acordo com informações repassadas pela Brigada Militar, não foi possível ver o momento em que a pedra foi arremessada em direção ao soldado. Ele foi atendido pelos colegas e encaminhado ao Hospital Banco de Olhos, em Porto Alegre, para a realização de exames que vão apontar a gravidade da lesão.

Um homem de 56 anos acabou detido por desacato, resistência e desobediência.

 

Manifestantes feridos

Além do soldado ferido no olho, pelo menos três manifestantes tiveram que receber atendimento no Hospital de Alvorada depois do confronto. Entre os feridos está o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Alvorada (Sima), Rodinei Rosseto, atingido no nariz por estilhaços das granadas de gás lacrimogêneo. Segundo o sindicalista, o celular que ele utilizava para filmar a ação acabou danificado pelos policiais militares. 

Ainda de acordo com o sindicato, 15 pessoas tiveram ferimentos leves e foram atendidas diretamente na sede da entidade.