Consórcio de laticínio adquire unidade da Nestlé em Palmeira das Missões

Consórcio de laticínio adquire unidade da Nestlé em Palmeira das Missões

Fábrica situada na BR 468 estava fechada há um ano

Por
Agostinho Piovesan

Unidade estava fechada há um ano


publicidade

O prefeito de Palmeira das Missões, Eduardo Russomano Freire, anunciou nesta sexta-feira que um grupo de oito empresas ligadas ao setor de industrialização de leite adquiriu a unidade da Nestlé localizada no município e que estava fechada há um ano. A estrutura está localizada no km 09 da BR 468.

O consórcio de laticínios é formado por sete empresas da região Norte do Rio Grande do Sul e uma da Serra gaúcha. Integram o grupo comprador a Friolack de Chapada, Mandaka de Nova Boa Vista, Doceoli de Santo Cristo, Frizzo de Planalto, São Luís de Marau, Kiformaggio de Nonoai, Paladar de Guaporé e Stefanello de Seberi.⠀

Freire disse que o final da negociação entre as empresas e a Nestlé e a notícia da retomada das atividades do complexo é festejado pela comunidade. “O Poder Público vinha atuando junto a empresas e Estado no sentido de que a estrutura de processamento de leite não ficasse parada”, afirmou o prefeito. Os valores da negociação não foram revelados.

Atualmente o consórcio está elaborando o Plano de Investimento, o qual será apresentado nos próximos meses à comunidade de Palmeira das Missões e região. Neste plano serão detalhados os números, volumes de produção, entre outras especificações. Representantes do consórcio adiantaram que esta será uma das maiores e mais modernas fábricas de secagem de soro de leite do Brasil, além de outros produtos que também serão produzidos na unidade.⠀


A Administração Municipal avalia que o empreendimento contribuirá não somente para o desenvolvimento econômico, como também para expansão do segmento de laticínios e geração de empregos diretos e indiretos em Palmeira das Missões e região.